Mercado
Dolar: R$ 2,51  (+100,00%)
Euro: R$ 3,12  (+100,00%)
Dow Jones Nasdaq Ibovespa
+100,00% +100,00% +100,00%

Buscar em
Agência AutoData
Imprimir | Aumentar Fonte | Diminuir Fonte | Enviar
Incentivo 28/01/2010 18:51
Raquel Secco

Caminhões entram no programa Mais Alimentos


A ampliação da linha de crédito do programa federal Mais Alimentos, para a compra de veículos de transporte de carga por agricultores familiares, promete ampliar a venda de caminhões leves e semileves no primeiro semestre deste ano. Segundo Silvan Poloni, gerente de vendas da Agrale, a proposta e as condições do primeiro pacote valem até 30 de junho e “devem ser renovadas com algumas alterações”.

A projeção do governo e das empresas fabricantes é a de que sejam comercializados 3 mil caminhões este ano via o Mais Alimentos, cerca de 9% dos 35 mil caminhões leves e semileves comercializados no ano passado.

Com dois modelos que atendem às especificações do programa a Agrale planeja comercializar oitenta unidades até junho.

Mais otimista o diretor comercial da Iveco, Alcides Cavalcante, calcula ampliar suas vendas de duzentas a trezentas unidades nestes seis meses.

Ricardo Alouche, diretor de vendas, marketing e pós-venda da MAN Latin America, aposta no incremento inicial de trinta a cinquenta unidades/mês, “com elevação gradativa nos meses subsequentes”.

Sem especificar volumes a Ford, por meio de sua assessoria de imprensa, também acredita na ampliação de suas vendas.

Condições – Participam do programa quinze modelos de veículos comerciais de 1,5 toneladas a 8 toneladas e com preço de até R$ 100 mil. O financiamento é de dez anos, com três de carência, e taxa de juros de 2% ao ano. Outro benefício é a concessão de descontos de 5% a 15% para os quinze modelos.

Segundo informações do Ministério do Desenvolvimento Agrário os descontos são validos para o chassi do caminhão, e o financiamento é estendido para a compra da carroçaria escolhida.

Voltar

 

AutoData, TranspoData, CEA, Seminários, Eventos Empresariais, Prêmio AutoData, Setor Automotivo, Editora, Revistas, Documentos, Agência de Notícias, WebTV, Gestão, Revista Automotiva, Setor Automotivo Brasileiro, Setor Automotivo Mundial, Guia de Caminhões, Guia de Ônibus, Guia de Veículos Comerciais Leves, Brazil Automotive Guide, Multimídia, Guia do Setor Automotivo Brasileiro, Setor Automotivo Latino Americano, Feiras do Setor Automotivo, Perspectivas do Setor Automotivo Brasileiro, Compras Automotivas, Revisão das Perspectivas do Setor Automotivo Brasileiro, Lançamentos de Veículos, Conjuntura do Setor Automotivo Brasileiro, Notícias sobre Empresas de Autopeças, Perspectivas do Setor de Autopeças, Evolução Tecnológica do Setor Automotivo, Desenvolvimento do Setor Automotivo Brasileiro, Mercado Brasileiro de Veículos, Mercado Brasileiro de Ônibus, Mercado Brasileiro de Caminhões, Tecnologia Automotiva, Montadoras Brasileiras, Montadoras instaladas no Brasil, Fábricas de Veículos, Fábricas de Caminhões, Fábricas de Motocicletas, Fábricas de Ônibus, Encarroçadoras de Ônibus, Encarroçadoras de Caminhões, Automóveis, Caminhões, Ônibus, Carroçarias, Pneus, Sistemistas, Montadoras, Autopeças, Anfavea, Sindipeças, Fenabrave, Abimaq, Abraciclo, Motocicletas, Volkswagen, General Motors, Fiat, Ford, Mercedes, Volvo, Scania, Iveco, MAN, PSA, Renault, Peugeot, Honda, Toyota, Nissan, Citroën, Agrale, Marcopolo, Randon, Neobus, Keko, Caio