Agência AutoData de Notícias


Negócios -
Ana Paula Machado

Grupo Águia Branca vai às compras

Array ( [last_activity] => 1503448883 [user_agent] => CCBot/2.0 (http://commoncrawl.org/faq/) [session_id] => hnu1trulue9f747gjmitfbq660 [B64KEY] => 4c3c690de4ee5fc4650542142173a0e4 ) 1

O Grupo Águia Branca, de Cariacica, ES, comprou sessenta chassis de ônibus da Mercedes-Benz. Desses, doze são veículos 8 x 2 de 15 metros. O preço de lista deste tipo de ônibus é de cerca de R$ 1 milhão, contando o chassi e a carroceria. O plano da empresa é comprar cem equipamentos este ano para renovar a sua frota.

Segundo Paula Correia, sua diretora comercial e de marketing, dos veículos já acordados 48 serão entregues em junho e os outros em setembro. Ela informou, também, que os chassis serão encarroçados pela Marcopolo na classe double decker:

“Financiamos os ônibus por meio do Finame. O plano de renovação é mais agressivo este ano, pois em 2016 não realizamos nenhuma compra: o mercado não estava, mesmo, favorável aos investimentos”.

A executiva lembrou que em 2015 a Águia Branca comprou quarenta ônibus.

A Viação Águia Branca transporta aproximadamente 11 milhões de passageiros por ano, atendendo cerca de setecentos municípios. São mais de 330 linhas interestaduais e intermunicipais das regiões Sudeste e Nordeste.

“Temos como meta manter uma idade média dos ônibus de até 6 anos. Isso torna a nossa operação mais competitiva.”

Com essa venda a Mercedes-Benz chegou a 450 chassis negociados neste trimestre, quase 70% da comercialização total no período, quando foram comercializados 650 unidades por todas as fabricantes. Esses negócios devem refletir nos números de emplacamento nos próximos três meses.

Walter Barbosa, diretor de vendas e marketing de ônibus da Mercedes-Benz, disse que a nova legislação, que prevê a adoção de ônibus de 15 metros de cumprimento pelas empresas de transporte rodoviário, motivou os negócios no início deste ano. A empresa também informou que a Viação Garcia, do Paraná, encomendou outros doze chassis 8x2 de quinze metros.

Segundo Barbosa, o segundo semestre deverá ser “um pouco mais fraco que o primeiro. Mas, ainda veremos vendas bem melhores do que 2016”. A expectativa da Mercedes-Benz é de licenciamentos da ordem de 1,4 mil ônibus rodoviários. No ano passado, foram emplacados 800 unidades. “Nossa expectativa é alcançar cerca de 50% de participação do mercado total de ônibus rodoviários neste ano”.

Barbosa ressaltou que os fatores que deverão impulsionar o crescimento nas vendas de ônibus rodoviários, é a melhoria do ambiente econômico e a nova legislação que entra em vigor na segunda metade do ano: “Isso significa aumentar a capacidade de transporte de passageiros e mais espaço para bagagens e encomendas, otimizando o custo da operação para as empresas de transporte e assegurando mais rentabilidade”.


Nos bancos de montadoras: os juros chegam a ser praticamente a metade dos oferecidos pelas instituições de varejo.
Para a fabricante de robôs lançamentos previstos para 2018 demandam linhas de produção com equipamentos novos
Chinesa informou que há incertezas nas negociações e que os seus esforços não geraram progressos
Expectativa é a de que as vendas de carros com emissão zero no mercado chinês cheguem a 4 milhões de veículos em 2025
Pesquisa realizada pela IPSOS mostra que brasileiro se mostra disposto a dirigir veículos autônomos
Construção de datacenter na Alemanha ajudará empresa a criar oferta de serviços na nuvem