Agência AutoData de Notícias


Máquinas Agrícolas -
Luiz Carlos Beraldo, de Maringá, PR

Tratores pequenos impulsionam o mercado

Array ( [last_activity] => 1419074830 [user_agent] => CCBot/2.0 (http://commoncrawl.org/faq/) [session_id] => llm1mt5qddp6u4v23dgtifllv3 [B64KEY] => 4f15d0c9d600193a78d13ef7b601edcf ) 1
Programas como Mais Alimentos, do governo federal, Trator Solidário, do governo paranaense, e Pró-Trator, do paulista, já respondem por quase 40% da produção e vendas de tratores agrícolas em todo o País, segundo cálculos de Marcos Arbex, gerente de vendas especiais da New Holland. Juntos os programas já são responsáveis por entregar cerca 16 mil unidades. Com relação a janeiro de 2008 a contribuição dos planos de financiamentos facilitados pelos governos proporcionou incremento de 17% nas vendas de tratores agrícolas no resultado do mês passado.

As vendas de colheitadeiras, na comparação com os meses de janeiro, sofreram redução de 27,4%. A New Holland, porém, acredita que haverá recuperação nos próximos meses, considerando os preços que as commodities agrícolas vêm atingindo no mercado mundial. A empresa tem participação de 25% no mercado nacional de tratores e 36% no de colheitadeiras. Em 2008 o mercado brasileiro absorveu 44 mil 415 tratores e 4 mil 458 colheitadeiras, de acordo com dados da Anfavea.

Arbex acredita que a experiência desenvolvida no Paraná e em seguida adotada pelo governo federal e pelo Estado de São Paulo, que facilita a compra de tratores agrícolas por pequenos e médios produtores rurais, também poderá ser aplicada ao segmento de colheitadeiras, como sugeriu o próprio governo paranaense.

“A ideia é oferecer colheitadeiras novas aos proprietários rurais que já possuem equipamentos com 10 ou 15 anos de uso, aceitando as usadas como parte do pagamento e, depois de revisadas, oferecer estas máquinas para pequenos e médios produtores a preços menores e condições facilitadas”.

Segundo o executivo isso contribuiria para aumentar a produtividade tanto dos produtores que renovariam suas frotas de colheitadeiras quanto dos que ainda não dispõem desse equipamento. Para ele, a exemplo do que acontece com os tratores, o programa poderia começar como projeto piloto no Paraná e, depois, expandir para todo o Brasil. No Paraná, onde o programa Trator Solidário foi lançado em 2007, a meta de entregar 4 mil tratores prevista para 2010 será atingida este ano e, a pedido do governo, outras 4 mil unidades deverão ser entregues até o fim do próximo ano. Até agora já chegaram às mãos dos produtores 2,7 mil tratores, beneficiando cerca de quatro mil famílias de agricultores que adquiriram os equipamentos com financiamentos do Pronaf, Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar.

Arbex, atarefado com as visitas no estande da CNH na Show Rural Coopavel, feira que ocorre esta semana em Cascavel, e onde exibe diversos modelos de tratores e colheitadeiras da New Holland, está otimista com o movimento da exposição: “Este ano já tivemos confirmações de negócios no segundo e no terceiro dias de evento, o que é bom, pois normalmente as vendas são concretizadas apenas nos dois últimos dias. Os produtores já investem em equipamentos para esta e a próxima safra a fim de aproveitar os bons preços de produtos como soja e milho”.

2014 não foi dos piores mas também dificilmente deixará saudades para o setor automotivo nacional. Com isso a chegada de 2015 causa ansiedade
Iniciativa começará por serviços de pós-venda e administração
Petrobras se reúne com integrantes da Afeevas em evento no Rio de Janeiro, RJ, para tratar do tema
Fabricante de caminhões recebeu nova cota de importação de 8,5 mil unidades por ano
Sem ajuda do FAT, montadora pagará salários para 168 funcionários afastados durante três meses
Engenheiro de produção assume a associação de engenharia em 1º de janeiro