Festa política: Congresso Fenabrave apoia reformas.

Imagem ilustrativa da notícia: Festa política: Congresso Fenabrave apoia reformas.

A aprovação das reformas trabalhista, previdenciária, tributária e política foi o assunto principal na mesa de abertura do 27º Congresso & Expo Fenabrave, na terça-feira, 8, em São Paulo, no Transamérica Expo. Seu tema é Confiança. É Preciso Acreditar para Vencer.

O presidente da República ressaltou as reformas realizadas nos seus catorze meses de governo:

“Conseguimos aprovar a reforma trabalhista com diálogo construtivo dos empresários com os sindicatos. É imperioso fazer a reforma da Previdência, cujo déficit, este ano, é de R$ 134 bilhões. No ano que vem será de R$ 205 bilhões. Caso contrário virá ano em que só teremos dinheiro para pagar funcionários públicos e pensões previdenciárias”.

Ele também destacou a importância da realização das reformas tributárias e política:

“Estamos reformulando o Brasil. Em nosso início de governo propusemos o teto para os gastos públicos, algo que nunca foi feito. Este é um governo reformista que busca colocar o País nos trilhos. É fundamental ter confiança no País. No tocante ao setor automotivo é preciso continuar o trabalho que estamos fazendo, não só por palavras mas com ações otimistas”.

Para Alarico Assumpção Júnior, presidente da Fenabrave, a escolha do tema do congresso coincide com a recuperação de confiança no setor, após a crise provocar o fechamento de mais de 1,8 mil concessionárias de veículos nos últimos anos:

“Nosso setor declara apoio total às reformas necessárias ao País. A Fenabrave já apresentou projetos que podem desenvolver ainda mais o setor, como a Lei de Retomada de Veículos Inadimplentes, o Renave e o Programa de Sustentabilidade Veicular”.

Também presente à mesa de abertura o governador do Estado de São Paulo destacou a recuperação dos indicadores do setor automotivo: “Contem conosco para ajudar na aprovação das reformas para a retomada do crescimento econômico e dos postos de emprego. Nosso Estado já tem o programa Pró-Veículo, cujo objetivo é a utilização de créditos do ICMS para desenvolver a indústria automotiva. E nós deveremos ser o primeiro Estado a assinar o Renave”.

Também presente o presidente da Câmara dos Deputados reforçou o coro pelas reformas: “O setor produtivo sofre de forma absurda a tributação no Brasil, que talvez seja a maior do mundo. Nosso desafio é reduzir o tamanho do Estado para aumentar a produção e gerar emprego para a população. O setor automotivo poderá gerar ainda mais empregos. O coração de todas as reformas é a Previdência: não para tirar os direitos do trabalhador mas, porque, precisamos acabar com os privilégios, tanto no setor público como no privado”.

Além das reformas o programa Rota 2030 trará benefícios ao setor com a renovação da frota, de acordo com Antônio Megale, presidente da Anfavea: “Trabalhamos em contato com vários ministérios para transformar o Brasil num dos cinco maiores mercados automotivos do mundo. O programa trará competitividade, colocando nossos produtos em níveis mundiais para exportação”.

O congresso termina na quarta-feira, 9.

 

Crédito da Foto: Divulgação