Mercedes-Benz dobra participação em vans

Imagem ilustrativa da notícia: Mercedes-Benz dobra participação em vans
CompartilheResultado
15/08/2017

Em cinco anos a Mercedes-Benz mais do que dobrou sua participação no segmento de large vans com sua linha Sprinter – mesmo com a queda nas vendas totais de veículos no mercado brasileiro.

Em 2012 as vendas desse tipo de vans Mercedes-Benz atingiram 39 mil 215 unidades e a participação da empresa foi 14,9%, e de janeiro a julho deste ano chegaram a 9 mil 719 unidades e o market share é 32,9% – patamar que a empresa pretende manter até o fim do ano, segundo o diretor de vendas e de marketing de vans, Jefferson Ferrarez.

Mesmo com o crescimento da sua participação a Mercedes-Benz ocupa a vice-liderança no segmento de large vans. Hoje o Renault Master é o campeão de vendas, com 36% do mercado, seguido pela Mercedes-Benz Sprinter com 32,9%, pela Iveco Daily com 12,7% e pelo Fiat Ducato com 12,5%:

“Estamos 2 pontos porcentuais atrás da Renault, o que corresponde a cerca de trezentas unidades. Entendemos que a nossa estratégia está correta em oferecer tecnologia e conforto.”

Ferrarez acredita que as vendas de large vans serão impulsionadas pelo crescimento da urbanização. De 1997, ano do lançamento da Sprinter, a 2017 a população do País cresceu de 167,5 milhões para 207,7 milhões, de acordo com o IBGE. Como consequência a frota urbana circulante triplicou, passando de 20 milhões para 66 milhões. O uso das large vans se divide em 55% para transporte de passageiros e em 45% para o de cargas:

“Veículos menores são a melhor opção para operação logística nos centros urbanos porque são mais ágeis, confortáveis e econômicos em termos de combustível. E algumas cidades já aplicam restrição para veículos pesados, aumentando o transporte de cargas e pessoas”.

Uma novidade é que a Sprinter venceu a licitação de oitocentos furgões para transformação em UTIs móveis para atendimento no SAMU, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência. O primeiro lote de 220 ambulâncias será entregue até setembro.

Estados – Os números de vendas da Sprinter obviamente variam conforme o Estado: no Maranhão sua participação é de 77,8%, em Minas Gerais de 28,0%, no Rio de Janeiro de 53,1%, e em São Paulo de 24,4%.

Essa diferença se justifica pelas variações no uso do veículo, segundo Ferrarez: no Nordeste o modelo é utilizado para transporte de pessoas para turismo, em São Paulo para transporte escolar, ambulâncias e unidades móveis de negócios como, por exemplo, food trucks:

“São Paulo é um mercado bastante competitivo, mas estamos desenvolvendo estratégias de crescimento. Nossa participação aumentou de 19% em 2016 para 24% em 2017”.

 

Crédito da Foto: Divulgação