news
12/12/2014

Ritmo das fábricas mexicanas segue superior ao das brasileiras

Por Redação AutoData

- 12/12/2014

Em outubro foram produzidos 330,2 mil veículos leves no México, resultado 15,8% superior ao do mesmo mês do ano passado e recorde mensal para aquele país. Os dados divulgados pela Amia, associação das fabricantes locais, indicam que o ritmo das fábricas mexicanas novamente ficou bem superior ao das brasileiras, que entregaram 278,2 mil unidades no último mês, de acordo com números da Anfavea.

No acumulado do ano a produção mexicana soma 2,7 milhões de unidades, crescimento de 8,5% ante os primeiros dez meses de 2013. Por aqui a produção ficou em 2,5 milhões de unidades, em baixa de 16% na mesma base de comparação.

O que sustenta a forte alta da indústria mexicana são as exportações: em outubro foram 257,4 mil unidades embarcadas, alta de 7,1% ante o mesmo período de 2013 e recorde para o mês. No acumulado do ano o crescimento chegou a 8,5%, para 2,2 milhões de unidades.

O bom desempenho do mercado estadunidense, principal cliente dos automóveis e comerciais leves mexicanos, contribuiu positivamente para os embarques. As vendas lá cresceram 5,4% de janeiro a outubro, para 13,6 milhões de unidades – das quais 1,6 milhão produzidas no México, em alta de 15% ante os primeiros dez meses do ano passado.

Os Estados Unidos responderam por 71,2% das exportações mexicanas do período. O Brasil, terceiro principal cliente, reduziu o volume de compras: foram 88,2 mil unidades de janeiro a outubro, queda de 25,7% e 4% do total exportado.

Também recorde para outubro foi o desempenho do mercado doméstico mexicano, que fechou em 100,9 mil unidades, em alta de 14,3% ante igual mês do ano passado. No acumulado de janeiro a outubro foram comercializados 890,5 mil veículos, crescimento de 5,6%.