news
15/08/2017

Crescem as vendas da Volkswagen

Foto Jornalista  Redação AutoData

Redação AutoData

As vendas da Volkswagen, nos primeiros sete meses do ano, atingiram 5,9 milhões de veículos no mundo todo, volume 1,3% maior do que o verificado no mesmo período do ano passado. Na América do Sul foram 260,2 mil unidades, com o Brasil respondendo por 63,6% desse total, com 165,6 mil. O volume foi 1,4% maior do que o registrado em idêntico semestre de 2016.

 

Na comparação mensal a VW vendeu, em julho, 820,9 mil unidades, 4,3% a mais do que em julho do ano passado. Na América do Sul, no mês, foram 44 mil unidades, 18,3% a mais do que em julho de 2016. No Brasil, maior mercado da empresa na região, foram vendidos 25,5 mil veículos.

 

Segundo Fred Kappler, diretor de vendas do Grupo Volkswagen, o desempenho das vendas na América do Sul, junto com o do mercado asiático, foi o responsável pelo crescimento das vendas global: “Tivemos um sólido início de segundo semestre nessas regiões. Queremos preservar e fortalecer a confiança de nossos clientes em nossos produtos”.

 

As vendas na Ásia somaram 2,3 milhões de unidades de janeiro a julho, queda de 1,5% na comparação com igual período do ano passado. Na comparação mensal a empresa aumentou suas vendas em 6,9%, totalizando 332,8 mil unidades na região: no seu maior mercado, a China, foram vendidas 309,1 mil unidades, alta de 8,1%.

 

Dividindo as vendas por marcas do grupo foram 3 milhões 402 mil veículos da Volkswagen, alta de 0,8%, 1 milhão 63,5 mil Audi, queda de 3,6%, 146 mil Porsche, mais 6,4%, Volkswagen Caminhões e Ônibus vendeu 286,8 mil, mais 5,3%, a MAN vendeu 61,9 mil, 6,7% mais, e a Scania 50,4 mil, 8,7% mais.