Vendas chegam a 91,6 mil na quinzena

Imagem ilustrativa da notícia: Vendas chegam a 91,6 mil na quinzena

As vendas de veículos, na primeira quinzena de setembro, atingiram a marca de 91,6 mil unidades, segundo dados do Renavam apresentados a AutoData por uma fonte do mercado. O volume vendido nos dez dias úteis do período confirma as expectativas da Anfavea de manutenção da média diária em 9 mil unidades por dia no País até o fim do ano.

 

Mantida essa média até o fim do mês, mais o esforço comercial empreendido pelas empresas fabricantes nos últimos dias, no sentido de acelerar as vendas, o volume deverá ser similar àquele registrado em agosto, informou a fonte. Naquele mês foram vendidos 216 mil 534 veículos, o melhor volume registrado desde dezembro de 2015.

 

Os emplacamentos de agosto representaram alta de 17,75% na comparação com o desempenho no mesmo período de agosto do ano passado. De janeiro a agosto, segundo a Fenabrave, foram emplacadas 1 milhão 420 mil 662 unidades, o que representa alta de 5,33% na comparação com os oito mesmos meses do ano passado.

 

O resultado apresentado no período fez com que as fabricantes revisassem as projeções para licenciamentos pela segunda vez no ano. A hipótese mais atual é a de que sejam emplacados no País, até o fim do ano, 2,2 milhões de veículos, um volume 7,3% maior do que o de 2016.

 

No segmento de automóveis e comerciais leves a General Motors segue como líder, com 219 mil 414 unidades licenciadas até agosto, 13% a mais do que o volume emplacado no mesmo período do ano passado. A FCA vendeu 170 mil 238 unidades de veículos Fiat e Jeep, alta de 4,45%. A terceira do mercado, a Volkswagen, fechou os oito primeiros meses com 138 mil 888 veículos vendidos.

 

O segmento de comerciais leves apresentou crescimento de 1,3% no volume de vendas de janeiro a agosto na comparação com o desempenho de 2016: 201 mil 862 veículos contra 199 mil 212 de 2016.

 

Foto: Divulgação.