Falta de segurança suspende vendas do BMW elétrico i3

Imagem ilustrativa da notícia: Falta de segurança suspende vendas do BMW elétrico i3

A BMW suspendeu as vendas do modelo elétrico i3 nos Estados Unidos por causa de problema surgido em decorrência de testes de segurança feitos pela agência de segurança de tráfego NHTSA. O problema, referente ao teste de colisão frontal, apontou danos ao motorista e foi confirmado pela companhia por meio de comunicado.

 

“Em um recente teste de choque, especificamente o teste de barreira rígida para pequenos adultos sem cinto, o ocupante do assento do motorista manteve cargas ligeiramente acima do limite”, apontou a empresa no documento. “Enquanto os testes de conformidade da BMW mostraram resultados bem abaixo dos limites exigidos, testes mais recentes mostraram resultados inconsistentes.”

 

A empresa emitiu recall e está trabalhando com a agência para entender as diferenças nos resultados do teste.  A notícia foi inicialmente relatada pelo site InsideEVs, que publicou documento de recall [reproduzido abaixo] que sugere que os veículos i3 dos anos/modelo 2014-2018 seriam recuperados devido à sua falha em cumprir os padrões de desempenho de impacto frontal.

 

No Brasil o modelo é importado pela BMW desde setembro de 2014 e vendido acima de R$ 170 mil. De acordo com dados da Abeifa de 2014 até outubro foram vendidas, aqui, 182 unidades i3.

 

A versão do BMW i3 trazida para o Brasil é a de dois motores: o elétrico é motor de corrente alternada com potência de 170 cv, e o de combustão interna é um dois-cilindros que gera 39 cv de potência.

 

Foto: Divulgação