Criação de imposto pode gerar efeito oposto nos Estados Unidos

São Paulo – A aplicação de imposto de 25% nas importações de veículos pelos Estados Unidos, como vem estudando a atual administração federal daquele país, poderia provocar, lá, o fechamento de 157 mil postos de trabalho, segundo estudo da consultoria The Trade Partnership divulgado pelo portal Flash de Motor, de Caracas, Venezuela.

 

O imposto teria efeito oposto ao pretendido pelo governo, que é gerar mais empregos. Segundo a consultoria poderiam ser criados 92 mil empregos em montadoras e fornecedores, mas mais de 250 mil postos de trabalho seriam fechados em outros setores da economia – em especial nos de serviços e construção civil.

 

O prejuízo à economia local não para por aí: segundo a consultoria o PIB estadunidense poderia perder US$ 18 bilhões com a criação do imposto, que ainda provocaria uma queda de 2% nas suas exportações anuais.