Indústria mexicana fecha outubro em queda

São Paulo – A produção mexicana de veículos fechou outubro com 311,2 mil unidades de automóveis e comerciais leves, recuo de 16,3% na comparação com o mesmo mês do ano passado. Os dados divulgados pela Amia, associação que representa a indústria local, indicam que, no acumulado do ano, o México fabricou 3,2 milhões de veículos leves, queda de 2,6% na comparação com janeiro a outubro de 2018.

 

O mercado doméstico caiu 8,9% em outubro, para pouco mais de 107 mil unidades. No acumulado do ano foram comercializadas 1 milhão 62 mil unidades, queda de 7,7% comparado com o mesmo período do ano passado.

 

Também é negativo o índice de exportações: recuo de 19,5% na comparação mensal, para 252,3 mil veículos, e de 1,7% na anual, somando 2 milhões 837 mil unidades.