YPF aposta na expansão de negócios no Brasil

Imagem ilustrativa da notícia: YPF aposta na expansão de negócios no Brasil

Pablo Luchetta assumiu em fevereiro o cargo de CEO da YPF Brasil com a meta de colocar o Brasil em papel de destaque dentro dos negócios da companhia: “Os negócios no Brasil, depois da reestruturação, em termos de faturamento, dentro do universo da YPF, ainda são recentes. Mas pelo tamanho da economia e a proximidade com a Argentina, o Brasil tem um papel estratégico para a empresa”.

 

Em entrevista exclusiva à AutoData, Luchetta falou sobre os planos da companhia no País e sobre a importância da parceria com montadoras para empresa. De acordo com ele, o setor representa quase 50% do faturamento. Por aqui, mais de 80% dos negócios atuais da YPF Brasil são com montadoras.

 

Na Argentina, companhia tem parceria com a Ford, GM, Scania, Suzuki e Volkswagen. E está em negociação Porsche e Volvo. “No Brasil, fazemos o primeiro enchimento dos tratores Agritech”.

 

Acompanhe a seguir principais trechos da entrevista com Luchetta:

 

A empresa apresentou recentemente o novo CEO, quais são os planos dos novos dirigentes?

Os planos são de crescimento através de investimentos na rede de distribuição e automatização industrial, além da incorporação de novos negócios.

 

Qual a importância dos negócios no Brasil para a companhia?

Os negócios no Brasil, depois da reestruturação, em termos de faturamento, dentro do universo da YPF, ainda são recentes. Mas pelo tamanho da economia e a proximidade com a Argentina, o Brasil tem um papel estratégico para a empresa.

 

Como está o programa de retomada dos negócios no Brasil?

Focado em marketing, rede de distribuição, eficiência operacional e novos negócios.

 

Quais os investimentos previstos para o mercado brasileiro?

Temos previstos investimentos na planta industrial e continuaremos investindo em marketing, onde o nosso foco são os trocadores, mecânicos, revendedores e toda a cadeia de comercialização. Dispomos de um programa de comunicação e treinamento onde fornecemos as ferramentas técnicas necessárias para esse público de forma direta ou por intermédio de nossos distribuidores. Explicamos a importância do cliente utilizar os produtos com a qualidade que a montadora define especificamente para cada motor, quantificando a rentabilidade para o próprio negócio e para o cliente final. Demonstramos que esta prática evita problemas posteriores para o motor do veículo, cujo reparo é bem mais caro do que a economia obtida em utilizar um produto de especificação inferior.

 

Quais são as apostas da companhia para o Brasil?

Apostamos no crescimento do mercado de reposição e temos certeza que os nossos produtos são a melhor opção para esse segmento. A nossa linha, cujos produtos são homologados e têm preço competitivo, entregam segurança e rentabilidade para toda a cadeia de comercialização: distribuidor, trocador e cliente final. Por isso a nossa expectativa positiva para 2018.

 

Qual a importância do setor automotivo dentro da companhia?

O setor automotivo é fundamental para YPF. Temos a maior rede de postos da Argentina e mais de 50% de market share em combustíveis. Está no DNA da empresa trabalhar em conjunto com as montadoras na busca das melhores soluções. Portanto, nosso portfólio de lubrificantes está orientado para atender, principalmente, esse segmento. Trabalhamos com produtos homologados e aprovados pelas principais montadoras do mundo.

 

Como estão estruturados os negócios com as montadoras?

Temos uma área de P&D na Argentina que desenvolve os produtos em conjunto com as montadoras e as companhias de aditivos químicos. Na área comercial, tanto na Argentina e Chile, como no Brasil, temos especialistas que as atendem de forma dedicada, tenham ou não parceria conosco. Hoje as montadoras procuram cada vez mais um fornecedor que atenda a toda região, e a YPF tem esta amplitude já que estamos presentes em praticamente toda a América do Sul, tanto com lubrificantes como com combustíveis especiais. E o nosso atendimento não acaba na fábrica. Somos reconhecidos também pelo atendimento exclusivo que oferecemos à rede de concessionárias, já que os nossos produtos são aprovados e podem ser utilizados nas oficinas para realizar o serviço de troca de óleo para veículos que ainda estejam na garantia ou já tenham saído dela.

 

Com quais fabricantes já têm parcerias fechadas e há outras negociadas?

Temos parceria com GM, Ford, VW, Scania e Suzuki motos na Argentina. Em negociação Porsche e Volvo. No Brasil, fazemos o primeiro enchimento dos tratores Agritech.

 

Qual o faturamento da empresa e qual o percentual brasileiro?

São mais de US$ 11 bilhões. O Brasil, por enquanto, representa menos de 1%.

 

Quanto o setor automotivo representa do faturamento da empresa?

Representa quase 50% do faturamento.

 

E no Brasil esse é um setor importante dentro dos negócios da companhia?

Sim, representa mais de 80% dos negócios atuais da YPF Brasil

 

Quais são as expectativas para 2018?

No Brasil, crescer acima do crescimento do mercado de lubrificantes.

 

Qual o número de funcionários por aqui?

Temos 90 colaboradores.

 

Há perspectivas de contratações?

Sim.

 

Qual a capacidade de produção da empresa?

4 milhões de litros de lubrificantes por mês.

 

O que mais pode acrescentar sobre os negócios da companhia?

A YPF deseja se posicionar, cada vez mais, como uma empresa de energia integral na região, e especificamente no Brasil, como uma empresa de lubrificantes Premium.

 

Foto: Divulgação.