Produção fica estável no primeiro trimestre

Imagem ilustrativa da notícia: Produção fica estável no primeiro trimestre
CompartilheBalanço da Anfavea
04/04/2019

São Paulo – A indústria brasileira de veículos encerrou o primeiro trimestre estável com relação aos primeiros três meses do ano passado. Segundo dados divulgados pela Anfavea na quinta-feira, 4, foram produzidos 699,7 mil automóveis, comerciais leves, caminhões e chassis de ônibus no período, ou 4 mil unidades a menos do que de janeiro a março de 2018.

 

Embora o mercado brasileiro esteja em trajetória ascendente, as exportações estão em queda, prejudicadas pelo desempenho do maior cliente das montadoras locais, a Argentina.

 

Em março foram produzidos 240,5 mil veículos, queda de 10% comparado com o mesmo mês do ano passado e de 6,4% com relação a fevereiro. O presidente da Anfavea, Antonio Megale, creditou a queda a três fatores:

 

“Além de março ter um dia útil a menos do que fevereiro e as exportações apresentarem queda, no mês passado uma de nossas associadas [Ford] enfrentou uma greve e outra [Mercedes-Benz] teve a produção prejudicada por uma enchente.”

 

O presidente da Anfavea citou dados de um relatório do Banco Central, que abrange 2017 e 2018, que mostra a importância da indústria automotiva na produção industrial brasileira. De acordo com o estudo, o setor representou um terço do crescimento industrial no período e um quarto do crescimento do PIB.

 

De fevereiro para março o setor registrou redução de pouco mais de 1 mil postos de trabalho: ao fim de março empregava 129 mil 980 pessoas.

 

Foto: Divulgação.