São Paulo e Rio estão entre as piores cidades para dirigir

Imagem ilustrativa da notícia: São Paulo e Rio estão entre as piores cidades para dirigir
CompartilheMobilidade
14/11/2019

São Paulo – Rio de Janeiro e São Paulo fazem parte das dez piores cidades mundiais para se dirigir, segundo um estudo da Mister Auto, revendedora online de autopeças europeia que faz parte do Grupo PSA. O ranking divulgado pela empresa na quinta-feira, 14, coloca a Capital paulista na sétima posição dentre 100 cidades analisadas, enquanto os cariocas ocupam a nona posição.

 

A pior cidade para os motoristas, de acordo com o estudo da Mister Auto, é Mumbai, na Índia, seguida por Ulaanbaatar, na Mongólia, e Calcutá, também na Índia. Calgary, no Canadá, Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, e Ottawa, no Canadá, ocupam a ponta oposta do ranking e são as três melhores cidades para se dirigir.

 

O Canadá, aliás, tem três dentre as dez melhores: além das duas já citadas Vancouver ocupa a sexta posição. Bogotá, na Colômbia, ficou na sexta posição do ranking das piores – a pior colocada da América Latina. A Cidade do México, no México, ficou na oitava posição. Aparece ainda no ranking das 100 primeiras Salvador, BA, como a trigésima-primeira pior.

 

O estudo selecionou 100 dentre centenas de cidades com dados confiáveis e abrangentes para serem analisados, que permitiram chegar a uma ampla gama de pontuações. A Mister Auto considerou como mais importantes os itens infraestrutura, segurança e custo, com diversos subitens dentre cada um – como, por exemplo, números de carro per capita, congestionamentos, qualidade do transporte público, etc.

 

“O índice final combina um total de quinze fatores para revelar as melhores e piores cidades para os proprietários de automóveis dirigirem em todo o mundo”.

 

São Paulo e Rio de Janeiro ainda se destacaram em outro ponto negativo: as segundas cidades com tributos rodoviários menos acessíveis do mundo. Só ficaram atrás de Mumbai, na Índia.

 

Confira o estudo completo clicando aqui.

 

Foto: Divulgação.