China terá rodovia solar para carregar elétricos

Imagem ilustrativa da notícia: China terá rodovia solar para carregar elétricos

A China está trabalhando em sua primeira rodovia solar, que carregará automaticamente os veículos elétricos que circularem pelos 161 quilômetros. Ligará Hangzhou e Ningbo, na Região Leste. A informação foi divulgada na quinta-feira, 1º, pelo site Flash de Motor, de Caracas, Venezuela. A rodovia terá três camadas: uma de cimento permeável à luz no topo, outra de painéis de silício amorfo fino na parte do meio e uma camada de proteção à prova d'água isolada na parte inferior.

 

Juntas essas camadas funcionarão como uma "porta de carregamento contínuo". Além disso, com o objetivo de descongestionar o trânsito de outra rota paralela, a rodovia será equipada com tecnologia para que os veículos de condução autônoma possam transitar por lá, conforme nota no jornal Clarín, de Buenos Aires, Argentina.

 

A estrada chinesa em construção não terá cabines de pedágio, mas funcionará com o formato de pagamento fast pass através de chip que será colocado nos veículos. Desta forma haverá um fluxo livre, sem paradas.

 

A China possui o maior mercado automotivo do mundo e, no futuro, planeja proibir a produção e venda de veículos alimentados por combustíveis fósseis.

 

A rodovia tem uma vida útil projetada de vinte anos. A primeira tentativa de lançar esse tipo de rodovia na China foi realizada em dezembro de 2017, em Jinan. No teste, desenvolvido em trecho de 1 quilômetro, houve atos de vandalismo alguns dias após a inauguração, e o furto de pedaços de painéis solares.

 

Foto: Divulgação.