Junho tem menos vendas de usados

São Paulo – As vendas de modelos seminovos e usados recuaram em junho, tanto com relação ao mês anterior como diante do mesmo mês de 2017. Dados divulgados pela Fenauto, Federação Nacional das Associações dos Revendedores de Veículos Automotores, apontam queda de 8,6% na comparação mensal e de 7,6% na anual – foram vendidas 1 milhão 119 mil unidades.

 

Para a entidade, a greve dos caminhoneiros gerou impacto tardio no mercado, que ainda sofre com as incertezas do ambiente político. Segundo Ilídio dos Santos, presidente da Fenauto, “apesar da oscilação apresentada neste último mês o mercado vem mantendo a estabilidade de vendas com relação aos veículos 0 KM, o que garante tranquilidade e segurança maiores aos consumidores na busca por um veículo de seu interesse”.

 

No semestre o saldo segue positivo: 6,8 milhões de veículos usados e seminovos vendidos, alta de 1,1% sobre os seis primeiros meses do ano passado.