China sustenta vendas BMW em janeiro

São Paulo – O Grupo BMW registrou tímido crescimento nas vendas, em janeiro. Somando os emplacamentos de veículos BMW, Mini e Rolls Royce foram 170 mil 463 unidades, o que representa volume 0,5% maior do que o registrado em janeiro do ano passado. O grupo, por meio de comunicado divulgado na quarta-feira, 13, afirmou que os resultados foram satisfatórios “apesar dos ventos contrários que afetam a indústria em vários mercados”.

 

A China foi o principal motor de crescimento da empresa, com aumento de vendas de 15,5%, com 63 mil 135 unidades vendidas. Houve queda no volume de vendas nos Estados Unidos, segundo maior mercado da companhia: 20 mil 559 unidades, 6,3% a menos. Na América Latina as vendas também recuaram para 3 mil 815 unidades, 0,9% a menos do que em janeiro do ano passado.