Rota 2030 financiará projetos de nanotecnologia

São Paulo – Os recursos investidos em projetos de pesquisa e desenvolvimento pelas empresas inscritas no Rota 2030, a nova política industrial do setor automotivo, também serão utilizados para financiar a IBN, Iniciativa Brasileira de Nanotecnologia, uma nova política nacional instituída pelo governo federal em julho. Segundo portaria publicada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, no Diário Oficial da União, a iniciativa abrange onze temas, dentre eles a mobilidade.