Brasil fecha acordo para exportar 20 mil veículos ao Paraguai

Imagem ilustrativa da notícia: Brasil fecha acordo para exportar 20 mil veículos ao Paraguai
CompartilheExportação
28/11/2017

Brasil e Paraguai firmaram na terça-feira, 28, acordo de fornecimento de 20 mil veículos produzidos aqui para o mercado vizinho nos próximos doze meses. O negócio, do qual participará a operação brasileira das fabricantes FCA, Ford, General Motors, Renault e Volkswagen, faz parte do programa governamental Auto Familiar, por meio do qual serão vendidos veículos a preço máximo de US$ 10 mil, cerca de R$ 32,2 mil, que podem ser financiados pelo Banco Nacional de Fomento do Paraguai em até sessenta meses.

 

Segundo o MDIC, o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, são projetadas vendas de 5 mil a 10 mil veículos ao Paraguai por meio do programa de incentivo criado pelo governo. O ministro disse que a iniciativa promoverá a renovação da frota paraguaia e estreitará as relações comerciais dentro do Mercosul: “O programa representará uma maior aproximação dos setores automotivos e o início de uma futura integração produtiva, objetivo perseguido por todos os integrantes do bloco”.

 

Os modelos que participarão do programa são Chevrolet Onix, Fiat Mobi, Ford Ka, Renault Kwid e VW Gol, que chegarão ao país via importadoras locais. O mercado paraguaio consome 80 mil carros por ano e, desse total, 60 mil são veículos usados importados de Coreia do Sul, Estados Unidos e Japão.

 

Este é o segundo plano governamental para melhorar o consumo interno de veículos no bloco do Mercosul. Afora a iniciativa paraguaia a Argentina lançou em março diretrizes de sua política para o setor automobilístico local, que tem como objetivo fazer a produção local atingir a marca de 1 milhão de veículos por ano, passando também, a exemplo do Paraguai, pelo fomento ao consumo interno.

 

As exportações de veículos brasileiros ao Paraguai cresceram nos dez meses do ano, segundo dados do MDIC: foram enviadas 10 mil 915 unidades de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus, volume que apresentou crescimento de 235,9% sobre a pequena base de veículos exportada no mesmo período do ano passado. Os embarques realizados de janeiro a outubro injetaram US$ 121 milhões na balança comercial brasileira.

 

No período de janeiro e outubro as exportações brasileiras para o Paraguai cresceram 23,3% com relação ao mesmo período do ano anterior, passando de US$ 1 bilhão 780 milhões para US$ 2 bilhões 190 milhões. A participação do país manteve-se em 1,2%, o décimo-nono destino das exportações brasileiras neste ano.

 

No setor automotivo, de janeiro a outubro, a corrente de comércio bilateral somou US$ 535 milhões, aumento de 63% com relação ao mesmo período do ano passado, com exportações no valor de US$ 370 milhões, aumento de 58,5%, e importações de US$ 165 milhões, aumento de 68%.

 

Foto: Divulgação.