Negócios na Agrishow chegaram a R$ 2,7 bilhões

Imagem ilustrativa da notícia: Negócios na Agrishow chegaram a R$ 2,7 bilhões
CompartilheAgronegócio
04/05/2018

A Agrishow versão 2018, a vigésima-quinta, que se encerra na sexta-feira, 4, em Ribeirão Preto, SP, registrou R$ 2,7 bilhões em negócios realizados, alta de 22% na comparação com a última edição e superando a projeção inicial de R$ 2,3 bilhões, de acordo com balanço divulgado pela sua organização. A projeção de visitantes era de 170 mil e ficou um pouco abaixo, chegando a 159 mil pessoas.

 

Oitocentas marcas participaram do evento, que é considerado o grande termômetro para o setor agrícola e, segundo sua direção, o crescimento das vendas foi puxado pelo bom momento do agronegócio brasileiro, que colherá no ano a segundo maior safra de grãos da história e poderá aproveitar o momento difícil que a agricultura argentina está passando.

 

Empresas como Massey Ferguson, JCB, Land Rover e Mercedes-Benz participaram daAgrishow. No caso da Massey Ferguson a expectativa é a de crescimento de até 7% nas vendas na comparação com a edição dpo ano passado, puxado pelos lançamentos feitos durante o evento, de acordo com o diretor de vendas Eduardo Nunes, que não revelou o valor fechado em 2017:

 

“Outros fatores que elevarão nosso volume de vendas são as condições diferenciadas que estamos oferecendo. Nosso banco consegue taxas e planos que facilitam as negociações, que podem ser pagar em até cinco anos”.

 

A JCB adotou plano diferente para promover suas vendas, de acordo com Alisson Brandes, diretor de vendas e marketing: “Nesta edição trouxemos condições especiais relacionadas ao pós-vendas, como garantia estendida e manutenção preventiva e os dois itens influenciaram positivamente nossas vendas”.

 

Com relação ao crescimento das vendas ali a JCB espera uma expansão de até 10%, com base nas projeções da organização do evento e no bom momento do segmento, mas também não revelou quanto vendeu no ano passado em Ribeirão.

 

Foto: Divulgação.