Volvo celebra os 25 anos do lançamento do FH

Imagem ilustrativa da notícia: Volvo celebra os 25 anos do lançamento do FH

Hannover -- A Volvo participa da IAA 2018 comemorando os 25 anos do lançamento, aqui mesmo em Hannover, do pesado FH, seu modelo de maior sucesso e que também comemora o marco de 1 milhão de unidades produzidas. Como disse Claes Nilson, CEO da Volvo Caminhões, "o FH é uma perfeita representação do foco da Volvo nos seus clientes. É um modelo que vem quebrando paradigmas há um quarto de século e continuará fazendo história no futuro".

 

Nesta IAA a Volvo deu notável destaque para os ônibus elétricos que já estão começando a circular pelas grandes cidades europeias. No segmento de caminhões, anunciou que, no ano que vem, comercializará na Europa caminhões 100% elétricos para operações urbanas como coleta de lixo. No segmento de pesados e no transporte de longa distância a empresa continuará investindo no desenvolvimento do gás natural liquefeito e do biogás, tecnologias introduzidas em 2017 e que, na prática, proporcionam quase que o mesmo desempenho do diesel, mas com emissões de CO2 de 20% a 100% mais baixas.

 

Como conceito e futura solução para transporte autônomo eficiente a Volvo apresentou o Vera, totalmente autônomo, que foi criado para transportar cargas pesadas de centros logísticos em áreas industriais. Trata-se de um pequeno cavalo mecânico de 6 metros de comprimento por 2m50 de largura, que pesa 6,5 mil quilos e que puxa 40 toneladas por até 100 quilômetros com velocidade de 40 km/h.

 

A Volvo brasileira foi a pioneira na aplicação de direção autônoma em plantação de cana-de-açúcar em Santa Catarina. Existem outros segmentos que estão sendo estudados, hoje, para aplicações semelhantes, como mineração. A empresa não descarta a aplicação de tecnologia elétrica nos veículos que fabrica no Brasil.

 

"O Brasil é um País que tem abundância de energia limpa e renovável", disse Alan Holzmann, diretor de planejamento estratégico da Volvo. "E tenho a certeza de que vários setores, como os de distribuição urbana e coleta de resíduos, em breve começarão a nos consultar a respeito".

 

Foto: Divulgação.