Novo Evoque chega ao País sem a pretensão de ser nacional

Imagem ilustrativa da notícia: Novo Evoque chega ao País sem a pretensão de ser nacional
CompartilheLançamento
18/06/2019

São Paulo – Verdadeiro divisor de águas na vida da Land Rover seu modelo Evoque, menor modelo da gama Range Rover e objeto de adoração do consumidor brasileiro há alguns anos, chegou ao Brasil em sua segunda geração ofertado em versão única batizada R-Dynamic HSE, a topo de linha, por R$ 322,3 mil.

 

Diferente da primeira geração, entretanto, o modelo será oferecido aqui apenas importado, produzido na fábrica de Halewood, Inglaterra. Assim, para a unidade brasileira de Itatiaia, RJ, sobrou o Discovery Sport, que até agora dividia a linha, inaugurada em junho de 2016, com o Evoque.

 

Divanildo Albuquerque, diretor geral da Jaguar Land Rover no País, diz que "exatamente por isso a produção nacional cairá pela metade": as 6 mil unidades de 2018 deverão ser apenas 3 mil em 2019. Apesar disso ele garantiu que a operação nacional não corre riscos e que “há planos, mas tudo dependerá de um business case adequado”.

 

O executivo não tocou no assunto, mas nesses planos estão a produção nacional do próprio Evoque de segunda geração em aproximadamente mais um ano, além de modelos da Jaguar: “Por enquanto o que já está certo para Itatiaia é a produção do Discovey Sport ano-modelo 2020.”

 

E por enquanto a unidade também segue atendendo apenas ao mercado interno, sem programa de exportações agendado.

 

Segundo dados da Abeifa em 2018 a JLR vendeu 4,3 mil unidades de modelos nacionais no País, redução de 8% ante as 4,7 mil de 2017. Na soma dos cinco primeiros meses de 2019 a baixa é mais pronunciada, de 44%: 1,3 mil ante 2,3 mil do acumulado janeiro-maio de 2018.

 

Do total deste ano novecentos foram Discovery e quatrocentos Evoque, relação que há um ano fora de 1,5 mil e oitocentos, respectivamente.

 

Ao todo a primeira geração do Evoque vendeu no Brasil, desde o lançamento, em outubro de 2011, 27 mil unidades, segundo a Land Rover.

 

A rede, diz Albuquerque, permanecerá esse ano em quarenta casas – todas compartilhadas com a Jaguar. A novidade é que experiência realizada em parceria com concessionário do Rio de Janeiro, RJ, no qual foi montada uma área para testes off-road dos modelos da gama Land Rover em área ao lado da revenda, será em breve aplicada também em casa da Região Sul: a pista de obstáculos já está em obras.

 

Capô transparente – O novo Evoque entrou em sistema de pré-venda, com previsão das primeiras entregas para julho.

 

O modelo traz um sistema que a Land Rover chama de ‘capô transparente’: uma câmara instalada na base do eixo dianteiro mostra no sistema multimídia o terreno imediatamente abaixo do carro em sua área dianteira, o que na cidade ajuda a evitar, por exemplo, que o motorista rale as belas rodas aro 20 diamantadas na calçada, e no fora de estrada auxilia a avaliar melhor os obstáculos.

 

Outra câmara está instalada na parte traseira do Evoque e tem suas imagens projetadas diretamente no espelho retrovisor interno: a função é especialmente útil quando a visão traseira está encoberta ou bloqueada por cargas mais altas acondicionadas no porta-malas.

 

O motor é um 2 litros de 300 cv movido apenas a gasolina. Há um sistema semi-híbrido no qual a energia cinética gerada pela desaceleração alimenta bateria de 48V e motor elétrico ligado ao de combustão via correia. O sistema desliga o motor tradicional em velocidade abaixo de 17 km/h e auxilia nas arrancadas: assim, segundo a fabricante, pode responder por redução no consumo de combustível de até 6%.

 

Foto: Divulgação.