América Latina contribui para lucro da FCA

Imagem ilustrativa da notícia: América Latina contribui para lucro da FCA

São Paulo – As operações latino-americanas da FCA, Fiat Chrysler Automobiles, deram importante contribuição aos resultados financeiros da companhia no segundo trimestre. Segundo balanço divulgado na quarta-feira, 31, o lucro operacional antes de juros e impostos, Ebit, chegou a € 1 bilhão 527 milhões, pouco abaixo do € 1 bilhão 534 milhões registrado no segundo trimestre de 2018. A margem foi de 5,7%, 0,1 ponto porcentual acima.

 

A América Latina registrou alta de 9% no Ebit do período, para € 110 milhões, mesmo com a estagnação das vendas em volume e em receita – puxadas para baixo pelo desempenho na Argentina mas compensada pelo resultado no Brasil.

 

Durante o anúncio dos resultados financeiros o CEO Mike Manley destacou o desempenho na região: “Continuamos a obter forte desempenho na América do Norte e na América Latina. A demanda robusta por nossos novos produtos, em conjunto com as medidas para maior disciplina em todos os nossos negócios, gera as condições para alcançarmos nossas metas globais para todo o ano de 2019”.

 

O foco no segundo semestre será na recuperação dos negócios em retração na primeira metade do ano, especialmente nas divisões Maserati e Europa. A FCA manteve suas projeções de vendas para a América Latina: 4,4 milhões de veículos, recuo de 1% com relação a 2018, com 2,6 milhões no Brasil, crescimento de 5%.

 

Foto: Divulgação.