Chevrolet Cruze oferece conexão à internet

Imagem ilustrativa da notícia: Chevrolet Cruze oferece conexão à internet
CompartilheTecnologia
08/08/2019

Indaiatuba, SP – A General Motors começa a cumprir a promessa feita no último Salão do Automóvel de São Paulo, há pouco menos de um ano, de conectar os modelos Chevrolet à internet por meio de, por enquanto, rede 4G – a mesma usada para internet em smartphones, tablets e outros equipamentos eletrônicos. A versão Premier, topo de linha do Cruze 2020 hatch e sedã, sairá das linhas de montagem com possibilidade de oferecer wi-fi a motoristas e passageiros.

 

A primeira iniciativa de um carro com Wi-Fi de bordo nativo produzido no Brasil conta com parceria da Claro, operadora de telefonia que fornecerá gratuitamente 3GB de internet aos clientes Chevrolet – passado o prazo, o dono do Cruze terá que assinar um plano de dados oferecido pela operadora, com preço inicial de R$ 29,90 por mês. No Campo de Provas Cruz Alta, em Indaiatuba, SP, onde a linha 2020 foi apresentada a jornalistas, a Claro informou que oferecerá também planos de 5, 10 e 20 GB, com valores inferiores aos cobrados para smartphones.

 

Segundo Carlos Zarlenga, presidente da GM América do Sul, esse é primeiro passo da chamada “quarta era de conectividade dos modelos GM”. Os três primeiros foram a tecnologia Bluetooth, o sistema MyLink e o OnStar. "Ainda em 2019 lançaremos outros modelos com wi-fi".

 

Com a nova tecnologia, a companhia espera promover uma grande mudança na experiência dos usuários e elevar o nível de equipamentos das versões topo de linha vendidas no Brasil em diversos segmentos.

 

Imagem ilustrativa da notícia: Chevrolet Cruze oferece conexão à internet

 

Os clientes receberão o carro com um chip da Claro instalado no módulo que controla a central multimídia e deverão ativar o funcionamento da conexão pelo próprio kit, pelo aplicativo do OnStar ou direto pelo sistema. A partir daí a conexão é automática ao ligar o carro. Como a Claro é responsável pela conexão, a internet funcionará em regiões que a empresa possui sinal.

 

O Wi-Fi é controlado pela central multimídia e o sistema funciona de forma parecida com um smartphone quando é usado para rotear o sinal de internet ou um modem 4G: basta o cliente ligar o roteador de Wi-Fi na central para que a conexão esteja disponível. Quem quiser se conectar só precisar pegar seu smartphone, acessar a rede e digitar a senha.

 

De acordo com a GM, a oscilação do sinal aumenta conforme a velocidade do veículo. Para garantir o funcionamento da conexão em rodovias, o Cruze recebeu uma nova antena que recebe o sinal e transmite o Wi-Fi para o veículo com uma capacidade doze vezes superior a de um smartphone quando é usado como roteador.

 

Quando o veículo está parado os usuários podem usar o Wi-Fi em uma distância de até 15 metros, desde que o veículo esteja ligado. A rede tem capacidade para suportar até sete aparelhos conectados.

 

O preço do novo Cruze será revelado apenas em setembro, quando a versão Premier chegará nas concessionárias. A GM não confirmou quando mostrará outras versões do modelo e nem quando suas vendas começarão.

 

Fotos: Divulgação.