Volkswagen dá desconto para T-Cross PcD

Imagem ilustrativa da notícia: Volkswagen dá desconto para T-Cross PcD
CompartilheFinanciamentos
27/09/2019

Indaiatuba, SP -- Apesar de o T-Cross ter bom desempenho no varejo e segundo a Volkswagen em cinco meses ocupar a vice-liderança do seu segmento, o plano é ampliar seu volume de negócios. Assim, a empresa está aplicando desconto de até 15% para o T Cross vendido na modalidade PcD.

 

Os portatores de alguma das inúmeras deficiências poderão buscar a isenção de IPI prevista no pacote de incentivo e a VW concederá um porcentual para atenuar o desconto do ICMS, inelegível devido ao preço do T-Cross, superior ao teto de R$ 70 mil para receber esse benefício.

 

Para Gustavo Schmidt, vice-presidente de vendas e marketing da VW para o Brasil, a venda PcD, apesar de ser classificada como venda direta pela obrigatoriedade de anexar documentos dos clientes no requerimento das isenções, é, na realidade, venda no varejo: “A negociação e o encaminhamento dos documentos é realizada com o consultor de vendas na concessionária e, por isso, na prática, é uma venda a varejo. Mas as vendas PcD são classificadas como venda direta”.

 

Com essa política de descontos a VW pretende deixar o T-Cross mais competitivo dentre as opções PcD. A lógica é que o comprador geralmente agrega R$ 10 mil de acessórios ao veículo PcD, que é ofertado sem tantos itens de conforto e segurança. E, no caso do T-Cross, esses itens já são ofertados de série com o seu preço final que se aproxima dos líderes de vendas dentre os SUV PcD – Jeep Renegade, Hyundai Creta e Nissan Kicks, nessa ordem:

 

“O preço final do T-Cross é mais alto porém oferece um valor agregado maior, que contribuirá, no futuro, para que o seu preço seja melhor do que um concorrente PcD pelado”.

 

Foto: Divulgação.