Jeep sobe uma posição no ranking brasileiro

Imagem ilustrativa da notícia: Jeep sobe uma posição no ranking brasileiro
Foto Jornalista  Caio Bednarski

Por Caio Bednarski

CompartilheMercado
04/12/2019

São Paulo – A Jeep assumiu a oitava posição no ranking brasileiro de marcas de automóveis e comerciais leves em novembro, alcançando 117 mil 879 unidades licenciadas no acumulado do ano, de acordo com dados do Renavam divulgados pela Fenabrave. A participação de mercado, no período, chegou a 5,8%.

 

Alexandre Aquino, gerente de marketing de produto Jeep para América Latina, celebrou a conquista: "Ficamos felizes com essa conquista porque é o reflexo do nosso trabalho no País. Conseguir ultrapassar uma marca tão tradicional como a Honda, que possui portfólio maior que o nosso, é uma conquista muito relevante, até porque temos apenas dois SUVs de volume".

 

A distância da Jeep para a Honda é pequena: apenas 116 unidades separam o oitavo do nono lugar. Mas Aquino acredita que será possível manter essa posição até o fim do ano porque o segmento de SUVs é o que mais cresce no País e o Renegade e o Compass têm apresentado bons volumes de vendas mensais ao longo de 2019.

 

"Mesmo com essa conquista é necessário ressaltar que o foco principal do nosso trabalho é a liderança do mercado de SUVs, o que já acontece por quatro anos seguidos. Mas é sempre bom subir uma posição no ranking geral."

 

Imagem ilustrativa da notícia: Jeep sobe uma posição no ranking brasileiro

 

Com 117 mil 879 SUVs licenciados até novembro a Jeep é líder isolada do segmento, com quase o dobro de emplacamentos do segundo colocado. O Renegade é o principal responsável pelo resultado, com 63 mil 22 unidades vendidas no acumulado do ano, liderando o segmento de SUVs compactos – com quase 13 mil unidades de distância para o segundo colocado: "A nossa expectativa é a de que isso não mude até o fechamento do ano porque a distância é considerável".

 

O Compass, que registrou 54 mil 524 licenciamentos no ano, é o segundo grande responsável pelo bom resultado da Jeep. Lidera com folga o segmento de SUVs médios.

 

Tania Silvestri, diretora de brand e comercial da Jeep, disse que para o ano que vem o foco da companhia é continuar liderando as vendas de SUVs, segmento em que projeta, para a empresa, crescimento de 5 pontos porcentuais de participação de mercado até 2024: "Em mercados maduros as vendas de SUVs chegam a 40% do total. No Brasil ainda é 22%. Por isso, esperamos essa expansão nos próximos anos".

 

Fotos: Divulgação.