4Truck mira 20% de alta nas vendas em 2020

Imagem ilustrativa da notícia: 4Truck mira 20% de alta nas vendas em 2020
Foto Jornalista  Caio Bednarski

Por Caio Bednarski

CompartilheImplementos Rodoviários
24/01/2020

São Paulo – As boas expectativas para o setor de caminhões, para a economia nacional e perspectivas de avanço em um novo modelo de negócio fazem a 4Truck, fabricante nacional de implementos rodoviários, projetar um crescimento de 20% em seu faturamento e na produção em 2020, após avançar 25% no ano passado.

 

“É a nossa meta para o ano. Acho até um pouco conservadora, mas é um bom número para se trabalhar até dezembro”, afirmou Osmar Oliveira, CEO da 4Truck. “Um dos segmentos que nos ajudará a atingir essa meta é o de locação de veículos, que está aquecida deverá crescer bastante em 2020".

 

O modelo, considerado novo pelo executivo, consiste na locação de veículos comerciais para empresas que possuem motorista. O gasto é apenas com combustível e pedágio – toda a manutenção fica por conta de uma locadora – empresas com quem a 4Truck tem boas relações.

 

"É um movimento que fora do Brasil já é muito forte, principalmente nos Estados Unidos, e notamos uma tendência de crescimento nessa área por aqui, tanto é que já fechamos um pedido relevante no começo do ano".

 

Oliveira também apontou outros dois segmentos que representarão as principais demandas ao longo de 2020: o e-commerce, que já foi muito forte em 2019 e deverá continuar ao longo do ano, e a indústria farmacêutica.

 

Imagem ilustrativa da notícia: 4Truck mira 20% de alta nas vendas em 2020

 

Para as vendas em volume o CEO é um pouco mais otimista, projetando alta de 25% a 30% no ano na comparação com 2019. O executivo pondera, porém, que a empresa precisará superar alguns desafios, como ajustar toda a produção na nova unidade da 4Truck, na qual opera desde o segundo semestre do ano passado, e oferecer treinamento de ponta para os novos funcionários.

 

Com as projeções da empresa apontando para cima, a expectativa é que o quadro de funcionários também cresça 20% no primeiro semestre deste ano, com a maior parte das contratações dedicadas a área de produção, mas vagas em outras áreas como vendas e administração também serão abertas.

 

No ano passado o faturamento da 4Truck cresceu 25% na comparação com 2018, alta que, segundo o CEO, poderia ser maior: "Não crescemos mais por causa da mudança que fizemos no terceiro trimestre. Nossa unidade antiga não suportava mais os volumes que o mercado estava demandando e, por isso, saímos de Guarulhos e nos mudamos para uma área mais próxima de Arujá".

 

Com a mudança a 4Truck teve que focar alguns meses na preparação da nova unidade e, por isso, optou por aceitar menos pedidos no segundo semestre para não ter problemas com as entregas.

 

Foto: Divulgação.