Tesla desenvolve estações de carregamento para Semi

Imagem ilustrativa da notícia: Tesla desenvolve estações de carregamento para Semi

Em parceria com Anheuser-Busch, PepsiCo e United Parcel Service a Tesla pretende construir terminais de carga em suas instalações como parte dos esforços para divulgar seus caminhões elétricos, os Semi. As informações foram divulgadas na terça-feira, 6, por agências internacionais. Os pormenores das parcerias ainda estão sendo discutidos, e incluem o design e a engenharia da Tesla, disseram as empresas, que declinaram de divulgar os custos de construção. 

 

As empresas são algumas das nove grandes que fizeram pedidos antecipados para os Semi.

 

Em meio a perguntas sobre se a Tesla será capaz de cumprir seu cronograma agressivo a notícia sobre a colaboração das empresas é sinal de que os clientes corporativos estão levando seus esforços a sério e que a Tesla trabalha na solução de um dos maiores problemas: as grandes plataformas alimentadas.

 

As empresas que forneceram informações para a agência Reuters disseram que o primeiro passo é dispor de equipamentos de carga em suas próprias instalações. Assim a rota dos Semi seria limitada a percursos que os fariam retornar à base de operações antes que suas baterias fossem esgotadas.

 

A PepsiCo, que reservou cem caminhões Tesla, disse que poderia eventualmente analisar o uso compartilhado de instalações e custos com outras empresas. 

 

A Tesla tem obtido progressos em seus planos de ter suas próprias estações para vender eletricidade aos caminhoneiros à procura de uma recarga, de acordo com clientes e executivos da indústria de transportes que discutiram o assunto com a montadora Silicon. A Tesla já opera mais de 1,1 mil estações de sobrealimentação em todo o mundo para motoristas de seus veículos de passageiros. 

 

Foto: Divulgação.