Greve na M-Benz de São Bernardo completa uma semana

Imagem ilustrativa da notícia: Greve na M-Benz de São Bernardo completa uma semana

A greve na fábrica da Mercedes-Benz de São Bernardo do Campo, SP, que conta com 8 mil trabalhadores, completou uma semana na segunda-feira, 21, e foi mantida pelo Sindicato dos Metalúrgicos do ABC. Não houve avanço nas negociações com a companhia, de acordo com comunicado divulgado pela entidade.

 

Os funcionários pedem reajuste salarial e mudanças no cálculo da PLR, mas a Mercedes-Benz não concorda e, por isto, a produção está parada. De acordo com Aroaldo Oliveira, secretário geral do sindicato, houve negociações durante o fim de semana, mas sem avanços. Na sexta-feira, 18, uma proposta da montadora foi rejeitada pelos metalúrgicos.

 

Na terça-feira, 22, nova assembleia será realizada, às 7h30, para comunicar aos funcionários o teor das negociações.

 

Foto: Divulgação.