Toyota: imposto prejudicará trabalhadores e consumidores estadunidenses.

São Paulo – A Toyota, por meio de comunicado, criticou a intenção do governo dos Estados Unidos de aplicar tarifas de 25% sobre a importação de veículos, de acordo com informações do Flash de Motor, de Caracas, Venezuela. A empresa advertiu que o possível novo imposto "prejudicará os trabalhadores e os consumidores dos próprios Estados Unidos".

 

A empresa afirmou também que “as 137 mil pessoas que trabalham nos Estados Unidos para a Toyota e para as concessionárias das marcas Toyota e Lexus não são uma ameaça para a segurança nacional”.

 

Por ordem de seu presidente, o governo estadunidense deu início a uma investigação para verificar se as importações de veículos são uma ameaça à segurança nacional. Caso isso se comprove a taxa de 25% será aplicada aos modelos importados.

 

Disse mais o comunicado da Toyota: “Somos um exemplo da força manufatureira dos Estados Unidos. Uma tarifa de 25% para as importações de automóveis, que na verdade é um imposto para os consumidores, aumentará o preço final de cada veículo vendido no país”.