Wings busca parceria com concessionárias

Imagem ilustrativa da notícia: Wings busca parceria com concessionárias
CompartilheTecnologia
10/08/2018

São Paulo - A Wings, fabricante de acessórios automotivos eletroeletrônicos com sede em Recife, PE, aposta em parcerias com redes de concessionárias para alavancar negócios com seu novo produto, o VAI, sigla de Vehicle Artificial Intelligence. Trata-se de um aparelho que, conectado à porta de diagnóstico do veículo, fornece informações como rastreamento em tempo real, quilometragem percorrida e consequente gasto com combustível, análise de falhas mecânicas, desgaste de componentes.

 

O VAI tem um chip de telefonia embutido, o que evita a necessidade de o veículo estar conectado à internet via smartphone para seu funcionamento.

 

Os dados transmitidos pelo VAI podem ser acessados pelo smartphone ou por computadores tradicionais, e caso o proprietário autorize podem ser compartilhados com terceiros – e é aí que a coisa começa a ficar mais interessante.

 

Por intermédio da tecnologia do aparelho uma concessionária pode saber quando o carro de um cliente atingiu a quilometragem estabelecida para revisões e até monitorar a saúde do veículo, antecipando a necessidade de uma eventual manutenção não programada. Isso facilita as coisas em termos de custo e prazo do conserto para o cliente, evitando que uma pequena falha se transforme, com o passar do tempo, em defeito mais grave.

 

“O cliente pode escolher visualizar os dados e compartilhá-los com o revendedor ou deixar a análise inteiramente a cargo da concessionária", contou João Marceço Barros, diretor da Wings. "Nos dois casos o acesso às informações relativas ao rastreamento em tempo real é bloqueada.”

 

A empresa acredita que, com isso, possa fechar acordos com redes de concessionárias para o VAI, deixando à escolha destas a forma de oferecer o produto ao consumidor: ou arcando inteiramente com o custo ou rachando a conta com o comprador. O aparelho será oferecido em três pacotes: R$ 444 por doze meses do serviço, R$ 528 por 24 meses e R$ 648 por 36 meses. Não há cobrança de taxa mensal de utilização.

 

Barros acredita que o sistema possa ser também especialmente útil para frotistas, que com ele podem controlar melhor a utilização de seus veículos e suas necessidades de manutenção.

 

O VAI está disponível também para venda direta a pessoas físicas, que podem adquirir o produto por meio do site www.vai.com.vc e utilizá-lo inclusive em modelos seminovos. Pelos cálculos da Wings 98% dos modelos pós-2008 dispõem da porta de diagnóstico que permite o uso do aparelho.

 

Foto: Divulgação.