Todos os segmentos cresceram em setembro

Imagem ilustrativa da notícia: Todos os segmentos cresceram em setembro

São Paulo – Todos os segmentos do mercado brasileiro de veículos apresentaram desempenho positivo em setembro na comparação com o mesmo mês do ano passado. As vendas cresceram 7%, segundo a Fenabrave, baseada em dados do Renavam, para 213 mil 350 automóveis, comerciais leves, caminhões e chassis de ônibus, conforme antecipado pela Agência AutoData na segunda-feira, 1. E, embora tenham recuado 14,2% com relação a agosto, foram maiores na média diária – a de setembro foi a melhor do ano, com 11,2 mil veículos/dia.

 

No acumulado do ano as vendas somaram 1 milhão 846 mil 86 unidades, 14% acima do volume comercializado de janeiro a setembro de 2017.

 

Em automóveis e comerciais leves a alta de setembro foi de 5,8%, com 204 mil 773 unidades licenciadas. Comparado com agosto, mês com quatro dias úteis a mais de vendas, houve recuo de 14,4% – mas, na média diária, o segmento avançou 3,6%. No acumulado do ano o desempenho do setor foi 13,1% maior, com 1 milhão 779 mil 675 unidades vendidas.

 

As vendas de caminhões avançaram 47,6% na comparação anual, somando 6,7 mil unidades. Com relação ao mês anterior, queda de 9,9%, mas também por causa da menor quantidade de dias úteis: na média diária, alta de 9%. De janeiro a setembro o mercado de caminhões acumula crescimento de 50,3%, somando 53 mil 174.

 

No mês o segmento com maior crescimento foi o de ônibus: foram 1 mil 913 chassis vendidos, alta de 73,1% sobre setembro de 2017. O recuo com relação a agosto foi de 2,1%, mas quando comparadas as médias diárias dos dois meses há aumento de 17,6%. Até setembro as vendas de chassis somaram 13 mil 264 unidades, avanço de 21,9% com relação ao mesmo período do ano passado.

 

A Volkswagen recuperou a vice-liderança no segmento de automóveis e comerciais leves, que no mês passado havia ficado com a Fiat. Com 15,5% de participação no mês a VW registrou 31,6 mil licenciamentos, 4 mil unidades acima da Fiat, que voltou à terceira posição. A liderança ficou novamente com a Chevrolet: 36,4 mil um idades vendidas e 17,8% de participação no segmento.

 

Foto: Divulgação.