Knorr-Bremse nacionaliza produção para aftermarket

Imagem ilustrativa da notícia: Knorr-Bremse nacionaliza produção para aftermarket

São Paulo – A Knorr-Bremse prepara para maio a venda de colunas de direção para veículos comerciais no País no segmento de reposição. Os componentes que formam o conjunto são produzidos em fábrica instalada em Itupeva, SP, desde janeiro, quando começaram as entregas para Volkswagen Caminhões e Ônibus e Mercedes-Benz, seus principais clientes no OEM.

 

A fábrica instalada no interior paulista é a primeira da companhia a produzir as colunas de direção. A unidade de negócio foi adquirida da NFP Automotive, em 2017. Os ativos ligados ao produto, como patentes e equipamentos da linha de produção da NFP em Nova Friburgo, RJ, foram levados até Itupeva, onde estão sendo produzidos em dois turnos. A companhia se esquivou a respeito da capacidade de produção da unidade.

 

O que se sabe sobre a fábrica onde estão sendo produzidas as colunas de direção, no entanto, é que o seu terreno fora comprado em 2008, com a construção finalizada em 2012 e a inauguração ocorreu no ano seguinte. A unidade é a segunda instalação da Knorr-Bremse no País. Antes, a produção ocorria em fábrica em São Paulo, SP, comprada em 1983. No início de 2012 os ativos da unidade foram transferidos para Itupeva.

 

De acordo com Jefferson Germano, gerente de Aftermarket, 26% do que é produzido para o mercado de reposição é exportado pela companhia para os mercados da América Latina. O executivo disse na quarta-feira, 24, durante a Automec 2019, que a empresa tem em carteira a Ford Caminhões, empresa que saiu do negócio na América do Sul em fevereiro. O volumes para a montadora extinta são pequenos, e não produziram reflexos na operação da empresa.

 

Foto: Divulgação.