Pirelli fechará fábrica de Gravataí

Imagem ilustrativa da notícia: Pirelli fechará fábrica de Gravataí

São Paulo – A Pirelli anunciou na segunda-feira, 13, que transferirá toda a sua produção de pneus de motocicletas atualmente concentrada em Gravataí, RS, para a fábrica de Campinas, SP, hoje especializada na produção de pneus para automóveis. Com isso cerca de novecentos trabalhadores serão demitidos na região gaúcha até dezembro de 2021 – e outros trezentos contratados no Interior paulista até 2022.

 

Em paralelo à sua reorganização produtiva regional a Pirelli investirá € 120 milhões, até 2021, nas suas fábricas de Campinas e de Feira de Santana, BA: modernização dos equipamentos, melhoria do mix e da qualidade de manufatura das unidades estão incluídos no valor anunciado, que se soma a € 320 milhões aplicados de 2013 a 2018.

 

Segundo a empresa, em nota, todo o processo de transferência produtiva será concluído até a metade de 2021. Campinas se tornará centro exportador para toda a América Latina de pneus de carros, motocicleta e motorsport, com foco nos segmentos de maior valor agregado.

 

O comunicado diz ainda que a empresa negociará com o sindicato dos trabalhadores de Gravataí durante o processo de transferência na busca de um acordo: “Serão tomadas todas as medidas de mitigação para reduzir os impactos sociais na planta de Gravataí, que emprega hoje cerca de novecentas pessoas”.

 

Foto: Divulgação.