Varejo impulsiona produção de motocicletas

Imagem ilustrativa da notícia: Varejo impulsiona produção de motocicletas

São Paulo – A produção de motocicletas em Manaus, AM, alcançou 100 mil 997 unidades em maio, avanço de 3,9% sobre o mesmo mês de 2018, informou a Abraciclo, entidade que representa o setor de duas rodas, na terça-feira, 11.

 

Com relação a abril o crescimento foi de 10,7%. No acumulado do ano as linhas mantêm ritmo 5,3% superior ao janeiro-maio do ano passado, com 468,9 mil motocicletas produzidas.

 

Para o presidente Marcos Fermanian os dados comprovam a retomada do setor: “O aumento de produção é reflexo direto da retomada dos negócios no varejo, estimulados pela maior concessão de crédito. Os agentes financeiros estão mais seguros para oferecer linhas de financiamento para o consumidor”.

 

De acordo com ele consórcios e o CDC, crédito direto ao consumidor, representam cerca de 70% das vendas no mercado brasileiro de motocicletas. Em maio foram compradas 97 mil 989 motocicletas, crescimento de 20,6% sobre o mesmo mês de 2018 e de 4,9% na comparação com abril.

 

A média diária de vendas foi de 4 mil 454 motocicletas, a maior desde junho de 2015, de acordo com a Abraciclo.

 

De janeiro a maio os licenciamentos de motocicletas somaram 450 mil unidades, alta de 17,6% sobre os cinco primeiros meses do ano passado.

 

As exportações, porém, estão em queda: em maio foram apenas 3 mil 232 motocicletas enviadas ao Exterior, 51,3% a menos do que o mesmo mês do ano passado, mas 10,5% acima do volume de abril. A Argentina foi o principal destino com 58,6% do total exportado, seguida por Colômbia, com 24,2%, e Estados Unidos, com 9% do volume do mês.

 

No acumulado do ano as exportações somam 17 mil 538 motocicletas, queda de 52,1%. A Argentina, também, é o principal destino, com 48,2% dos embarques, seguida por Estados Unidos, 16,6%, e Colômbia, 12,9%.

 

Foto: Divulgação.