Indústria de motocicletas segue rumo ao 1 milhão

Imagem ilustrativa da notícia: Indústria de motocicletas segue rumo ao 1 milhão

São Paulo – A produção de motocicletas encerrou o primeiro semestre com alta de 8,4% ante os seis primeiros meses de 2018. Segundo balanço divulgado pela Abraciclo na quarta-feira, 10, o volume produzido na Zona Franca de Manaus, AM, chegou a 563 mil 955 unidades. O ritmo positivo de produção, segundo o presidente Marcos Fermanian, é reflexo do crescimento da demanda no varejo no janeiro-junho: “As vendas fortes no primeiro semestre surpreenderam as fabricantes em termos de volumes, que tiveram de reprogramar as linhas para atender aos pedidos, sobretudo no Sudeste e no Nordeste”.

 

Até junho as vendas internas chegaram a 528 mil 720, o que representa volume 17,2% maior do que o verificado nos primeiros seis meses de 2018. O resultado levou as fabricantes a manterem a projeção para o ano em 1 milhão 20 mil unidades ou crescimento de 8,5% sobre o total produzido em 2018.

 

A entidade também manteve as projeções para produção, mais 6%, e para as exportações, menos 41%.

 

A Abraciclo acredita que as vendas serão crescentes no segundo semestre em função de datas consideradas importantes pelo varejo em termos de vendas, como é o caso da Black Friday, Dia das Crianças e o Natal. Em dezembro, disse Fermanian, ainda há o efeito verão, que aquece a venda de bicicletas, por exemplo.

 

Nas exportações, entretanto, o setor fechou o semestre com volume em queda mantendo a tendência predominante no janeiro-junho. A crise no mercado argentino refletiu nos embarques, que chegaram, até junho, a 20 mil 392 unidades. Esse total representa queda de 50,3% sobre o volume embarcado no primeiro semestre do ano passado.

 

Foto: Divulgação.