Nova indústria é o foco do Simea este ano

Imagem ilustrativa da notícia: Nova indústria é o foco do Simea este ano

São Paulo – Está programado para 21 e 22 de agosto o Simea 2019, Simpósio Internacional de Engenharia Automotiva. Na edição deste ano a AEA, a Associação Brasileira de Engenharia Automotiva, abordará temas relacionados às inovações em mobilidade e aos desafios que serão enfrentados pela indústria em torno do novo regime automotivo brasileiro, o Rota 2030.

 

Segundo Maurício Lavoratti, coordenador do evento, o foco da edição deste ano, afora os temas que serão tratados, está centrado na aproximação de públicos afins aos assuntos: “O evento reunirá pilares envolvidos em debate sobre inovação, e precisamos estabelecer um diálogo com os personagens responsáveis pela construção do futuro da indústria, porque diversos setores estarão interconectados para desenvolver as próximas inovações”.

 

Constam na grade de programação, disse Lavoratti na terça-feira, 30, as sessões técnicas nas quais serão apresentados projetos desenvolvidos ou em andamentos de soluções para a indústria automotiva, muitas delas sobre combustíveis alternativos, powertrain e segurança veicular. O evento deste ano também abordará temas prementes, como conectividade ou “como o motorista e a cidade se conectam ao veículo”.

 

“Para a AEA representa um passo importante poder falar para um público como o que estará lá sobre soluções inteligentes para mobilidade. O que a cidade pede e o que as montadoras podem oferecer?”.

 

O segundo pilar do evento são as políticas automotivas para a próxima década. O evento tem como mote a nova era da indústria a partir do Rota 2030, o programa que, disse Lavoratti, exigirá da indústria projetos inovadores do ponto de vista da segurança veicular e tecnologia para motores: “A discussão se dará no campo da produção local de novos componentes e como a indústria poderá melhorar para atender demandas do mercado externo”.

 

Afora os temas sobre inovação durante o evento será feito anúncio das instituições responsáveis pela gestão dos projetos inscritos por montadoras e empresas produtoras de autopeças no Rota 2030: “O Embrapii deve ser uma delas, e as demais serão apresentadas durante o evento”.

 

É esperado para a edição deste ano público formado por 1,2 mil pessoas, audiência maior do que a registrada no ano passado, novecentas.

 

Em função do maior público, e do maior número de empresas expositoras, a organização do evento escolheu o Novotel Center Norte, em São Paulo, como espaço para a realização do Simea.

 

Foto: Divulgação.