Argentina fecha o ano com queda de 43% nas vendas

Imagem ilustrativa da notícia: Argentina fecha o ano com queda de 43% nas vendas
Foto Jornalista  Redação AutoData

Por Redação AutoData

CompartilheBalanço
06/01/2020

São Paulo -- As vendas de veículos no mercado argentino somaram 459 mil 592 unidades em 2019, apontaram dados divulgados pela Acara, entidade que representa os concesssionários. O volume confirma a expectativa de queda para o ano passado, 43% a menos do que o volume licenciado em 2018.

 

Do total vendido, 333 mil 262 unidades correspondem a automóveis, o que significa retração de 45% sobre os emplacamentos registrados em 2018. As vendas de comerciais leves chegaram a 107 mil 68 unidades, queda de 34%. As vendas de pesados, por sua vez, somaram 11 mil 711 unidades, 43% a menos.

 

O melhor mês de vendas na Argentina foi janeiro, quando as concessionárias emplacaram 60 mil 108 unidades, resultado, entretanto, 50% menor do que o visto em janeiro de 2018. O mês com menor volume de vendas foi dezembro, com 21 mil 190 emplacamentos registrados, 25% a menos na comparação com dezembro de 2018.

 

A Volkswagen foi a montadora que mais vendeu veículos na Argentina: 69 mil 625 unidades, volume 41% menor do que o registrado em 2018. O automóvel mais vendido no período, no entanto, foi o Ka, da concorrente Ford, que registrou 16 mil 630 unidades vendidas no acumulado do ano, 45% a menos do que em 2018.

 

Foto: Divulgação.