Hengst investe mais R$ 8,4 milhões em Joinville

Imagem ilustrativa da notícia: Hengst investe mais R$ 8,4 milhões em Joinville
Foto Jornalista Caio Bednarski

Por Caio Bednarski

CompartilheFornecedor
17/02/2020

São Paulo – A Hengst, fornecedora de filtros para diversos setores, como o automotivo, aplicará mais R$ 8,4 milhões na ampliação de sua fábrica de Joinville, SC. O valor se soma a R$ 6 milhões investidos no ano passado, com o objetivo de aumentar a capacidade de produção em 30%.

 

Segundo seu diretor presidente, Luiz Mirara, a intenção era investir mais no ano passado: “O plano era de R$ 7 milhões, mas não tivemos tempo suficiente para investir todo o valor. Sobrou R$ 1 milhão, que se junta a outros R$ 7,4 milhões liberados pela nossa matriz para 2020”.

 

Até abril, se tudo correr conforme o planejado, a fábrica da Hengst terá sua área construída ampliada em 4 mil m² e a capacidade produtiva será 30% superior, para atender ao mercado doméstico e a alguns destinos de exportação. Com esse cenário Mirara projeta crescimento de, pelo menos, 22% em 2020, apostando no Brasil e em novos mercados em que começará a operar:

 

"Um dos negócios que nos ajudará a crescer na região são os produtos que estamos desenvolvendo para atender a novas famílias de motores que serão lançados pelas montadoras. Também exportaremos para novos mercados, atendendo a veículos leves, caminhões e ônibus".

 

No ano passado a Hengst registrou incremento de 22% no seu faturamento na comparação com 2018, com os negócios puxados pela reposição no Brasil e pelos bons resultados conquistados em outros mercados, como Argentina – onde a Hengst conseguiu crescer mesmo durante a crise –, Chile e Peru.

 

Do total comercializado no Brasil, 50% são dedicados ao fornecimento OEM para montadoras como Mercedes-Benz e Volkswagen Caminhões e Ônibus, os principais clientes da empresa nesse segmento, e os outros 50% são dedicados ao aftermarket.

 

Foto: Divulgação.