Produção argentina despenca com parada obrigatória

Imagem ilustrativa da notícia: Produção argentina despenca com parada obrigatória
Foto Jornalista Redação AutoData

Por Redação AutoData

CompartilheResultado
03/04/2020

São Paulo – As fabricantes de veículos argentinas entregaram 19 mil 164 veículos em março, volume 34,4% abaixo do produzido no mesmo mês de 2019 e 26,7% inferior ao de fevereiro. Desta vez não foi a crise do país que derrubou o ritmo das linhas, mas a pandemia da covid-19 – assim como as montadoras brasileiras, as argentinas também entraram na quarentena e pararam de produzir veículos.

 

Com isso o saldo do trimestre ficou 14% negativo na comparação com os primeiros três meses de 2019. Saíram das linhas de montagem 66 mil veículos.

 

As exportações, em março, somaram 13 mil 928 unidades, queda de 33,9% na comparação com março de 2019 e de 23,1% com relação a fevereiro. No trimestre a queda chega a 15%, com o embarque de 40,7 mil veículos.

 

Em nota a Adefa, associação que representa as fabricantes daquele país, reforçou a importância da paralisação total, que foi decretada pelo governo. Mas lembrou que a indústria vinha "passando por uma situação crítica e a situação atual gera preocupação em toda a cadeia". Por isso discute com o governo medidas para proteger os empregos e o setor.

 

Foto: Divulgação.