Receita das autopeças cai 8% no bimestre

Imagem ilustrativa da notícia: Receita das autopeças cai 8% no bimestre
Foto Jornalista  Redação AutoData

Por Redação AutoData

CompartilheBalanço
08/04/2020

São Paulo – O faturamento da indústria de autopeças brasileira fechou o primeiro bimestre com recuo de 8,2% na comparação com os primeiros dois meses de 2019, informa o Sindipeças em seu Relatório de Pesquisa Conjuntural. Em fevereiro, isoladamente, a queda foi de 9,7% na comparação anual, ao passo que, com relação a janeiro, houve avanço de 1,4%.

 

Para a entidade o resultado negativo do bimestre confirma as dificuldades enfrentadas pelo setor automotivo antes mesmo da chegada do novo coronavírus: “Precedentes de queda de faturamento nos dois primeiros meses do ano foram notados durante a Grande Recessão de 2015-16, de acordo com a série histórica recente”.

 

Ainda que o feriado de carnaval, este ano, tenha ocorrido no primeiro bimestre – em 2019 foi em março – o Sindipeças tem estimativas em mãos que apontam que os valores dessazonalizados manteriam a variação negativa para o bimestre, embora em menor intensidade.

 

Com exceção da reposição, com alta de 2,9%, e das vendas intrassetoriais, avanço de 0,5%, os demais canais de receita apresentaram queda na casa de dois dígitos: 10,4% na vendas a montadoras e 22% nas exportações em dólares – 11,3% em reais.

 

A ociosidade do setor manteve os 31% de fevereiro, segundo a pesquisa da entidade. E novos postos de trabalho foram gerados no mês.

 

Foto: Divulgação.