Randon projeta crescimento de 28%

Imagem ilustrativa da notícia: Randon projeta crescimento de 28%

A Empresas Randon, de Caxias do Sul, RS, estima para este ano receita bruta total de R$ 5 bilhões e líquida de R$ 3,6 bilhões, alta de cerca de 28% sobre o resultado de 2017. Os números finais do ano passado ainda não foram divulgados, o que ocorrerá em 13 de março. Até novembro a receita bruta somava R$ 3 bilhões 821 milhões e a líquida R$ 2 bilhões 655 milhões, valores muito próximos aos estimados para aquele exercício, R$ 3,9 bilhões e R$ 2,8 bilhões, respectivamente.

 

Em comunicado enviado ao mercado o diretor de relações com investidores, Geraldo Santa Catharina, informou a projeção de receitas externas – exportações do Brasil e operações no Exterior –, da ordem de US$ 300 milhões. O grupo pretende importar o equivalente a US$ 51 milhões e investir valor total de R$ 140 milhões. Os valores representam, respectivamente, elevações de 25%, 13% e 40% sobre as estimativas para 2017.

 

A empresa também informou o desempenho do primeiro mês do ano: receita líquida de R$ 275,6 milhões, 74,4% superior à registrada no mesmo período do ano passado, e bruta de R$ 382,2 bilhões, incremento de 70%.

 

Fras-le - A controlada Fras-le consolidou crescimento de 51,1% na receita líquida de janeiro sobre igual mês do ano passado, alcançando R$ 79,9 milhões, e a bruta chegou a R$ 105,8 milhões, alta de 38,7%.  Sua diretoria projeta para o ano receita bruta de R$ 1,6 bilhão e líquida de R$ 1,1 bilhão. São estimados US$ 170 milhões em receitas externas, importações de US$ 20 milhões e investimento de R$ 42 milhões.

 

O balanço da Fras-le de 2017 também será divulgado em 13 de março.

 

Foto: Divulgação.