Morre Sergio Marchionne

Imagem ilustrativa da notícia: Morre Sergio Marchionne

São Paulo - Sergio Marchionne, um dos mais importantes e conhecidos executivos da indústria automotiva mundial, morreu aos 66 anos. A informação foi revelada na manhã da quarta-feira, 25, pela Exor, holding financeira que controla a maioria do capital da FCA, Fiat Chrysler Automobiles.

 

O texto é breve e não revela quaisquer informações adicionais sobre o ocorrido. Diz a nota: "É com imensa tristeza que a Exor informa o falecimento de Sergio Marchionne. John Elkann disse: 'Infelizmente, o que temíamos acabou por se confirmar. Sergio Marchionne, homem e amigo, se foi. Acredito que a melhor maneira de honrar sua memória é avançar o legado que ele nos deixou, continuando a desenvolver valores humanos de responsabilidade e honestidade, das quais ele era o maior símbolo.

 

Minha família e eu seremos eternamente gratos ao que ele realizou. Nossos sentimentos estão com Manuela e seus filhos Alessio e Tyler. Eu gostaria mais uma vez de pedir a todos que respeitem a privacidade da família'."

 

Até o meio da manhã da quinta-feira, 25, a FCA ainda não havia se manifestado. Não há informações oficiais sobre a causa da morte.

 

Marchionne estava internado em um hospital de Zurique, na Suíça. Segundo informações divulgadas pela imprensa italiana ele sofreu complicações após uma cirurgia e estava internado na UTI. Seu quadro era considerado grave e irreversível, ainda que estável.

 

De forma totalmente inesperada a FCA divulgou no sábado, 21, comunicado onde informava que devido ao estado de saúde Marchionne não tinha mais condições de retornar às suas atividades profissionais e que, por isso, Mike Manley havia sido nomeado CEO, acelerando um processo de transição no comando da companhia agendado para ocorrer somente no ano que vem.

 

Esta fora a primeira notícia envolvendo o quadro clínico de Marchionne tornada pública até aquele momento. Com a morte do executivo confirma-se, então, que seu estado de saúde ali era realmente grave e que a situação ocorreu de forma absolutamente repentina.

 

Marchionne nasceu em 1952. Ele fez uma brilhante carreira no setor automotivo e, dentre outras realizações, foi o mentor da união da Fiat com a Chrysler.

 

Foto: Divulgação.