Grupo SHC pede recuperação judicial

Imagem ilustrativa da notícia: Grupo SHC pede recuperação judicial

São Paulo – O Grupo SHC, de Sergio Habib, entrou em 1º de novembro com pedido de recuperação judicial de todas as suas empresas na 2ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais, em São Paulo. A informação foi divulgada pelo site KBB, Kelley Blue Book, e confirmada pela empresa, em nota.

 

A queda do mercado brasileiro de veículos nos últimos anos, sobretudo as da Citroën, considerada pela empresa seu principal negócio antes da crise, foi a justificativa para o pedido. “Tomamos essa decisão, prevista em lei, para proteger a nossa companhia, nossos 700 colaboradores e os mais de 100 mil clientes da marca”, disse Habib, na nota.

 

Habib rompeu acordo com a Citroën e fechou todas as concessionárias da marca e passou a concentrar seus esforços na Jac Motors, marca chinesa que o Grupo SHC representa no Brasil. Diz a nota que as atividades de importação, distribuição, vendas e pós-vendas da Jac permanecem inalteradas e preservadas.

 

Com a recuperação judicial, a empresa busca proteção para repactuar suas dívidas junto a bancos, parceiros e fornecedores.

 

Foto: Divulgação.