Grupo Volkswagen fecha semestre mais lucrativo

O Grupo Volkswagen anunciou na quarta-feira, 1, o crescimento das suas vendas globais no primeiro semestre do ano. As empresas que compõem o grupo venderam um total de 5,5 milhões de veículos no período, o que significa crescimento de 7,1% na comparação com o mesmo semestre do ano passado.

 

Com o resultado as vendas do grupo, segundo o comunicado, aumentaram de 115,3 bilhões de euro para 119,4 bilhões de euro. Após os impostos o lucro semestral aumentou 2,1% na comparação com o mesmo período do ano anterior, para 6,6 bilhões de euro.

 

Por marcas a receita da Volkswagen foi de 42,7 bilhões de euro, 7,7% maior do que no ano anterior.

 

A receita da Audi subiu de 30 bilhões de euro, registrada no primeiro semestre de 2017, para 31,2 bilhões de euro agora. A empresa afirmou que os aumentos de volume, os ganhos de eficiência e o câmbio fizeram com que o lucro operacional melhorasse para 2,8 bilhões de euro. Os números financeiros da Audi incluem os de Lamborghini e Ducati.

 

As vendas da Volkswagen Veículos Comerciais aumentaram 6,7%, para 6,3 bilhões de euro. O aumento foi resultado principalmente dos efeitos de volume e mix, melhores preço e custo de material, de acordo com a empresa.

 

Houve crescimento na receita de vendas da Scania, uma alta puxada principalmente pela área de serviços financeiros: de 6,3 bilhões de euro, em 2017, para 6,5 bilhões de euro.