Demanda global fez crescer produção Toyota em 2017

Imagem ilustrativa da notícia: Demanda global fez crescer produção Toyota em 2017

A Toyota divulgou na terça-feira, 30, os resultados de sua operação global do ano ´passado, mostrando o primeiro crescimento em cinco anos na produção e na exportação. No Japão sairam das linhas 4 milhões 265 mil 4 unidades, automóveis, caminhões e ônibus, um crescimento de 5,7% frente a 2016. Fora do Japão suas fábricas produziram volume maior: 6 milhões 201 mil 447 veículos, alta de 0,4%. Tudo somado a empresa verificou crescimento de 2,5%. Os números envolvem modelos Toyota, Daihatsu e Hino.

 

O crescimento na produção, segundo o documento apresentado pela companhia, se deve ao aumento da demanda interna e nos mercados onde a empresa atua: "Os pedidos fizeram a empresa aumentar o ritmo nas linhas. Nos mercados afora o Japão o balanço mostra que pelo sexto ano consecutivo houve aumento da produção na América Latina, Europa, Ásia e África".

 

No Brasil, onde a empresa mantém três unidades fabris no Estado de São Paulo, a ocupação das linhas é quase total com a produção dos modelos Corolla e Etios e tende a aumentar com a chegada do novo modelo, o Yaris.

 

O Corolla foi o carro mais vendido no mundo em 2017, chegando a 1 milhão 224 mil 990 unidades. O mercado da América do Norte puxou os números de suas vendas, assim como a América do Sul, onde tem importante fatia de mercado no Brasil e é produzido em Indaiatuba, SP, e em outros países da região, como na Colômbia.

 

Sem considerar os grandes grupos automotivos a Toyota encerrou o ano passado como a marca que mais vendeu carros no mundo todo. Foram 8 milhões 713 mil 629 unidades, alta de 2,4% ante 2016. A empresa superou em vendas a Volkswagen, com 6 milhões 832 mil 840 unidades, e a Ford, que vendeu 6 milhões 165 mil 704 unidades. Considerando os grupos a Aliança Renault-Nissan foi a que mais vendeu no ano passado: 10,6 milhões de veículos.

 

Exportações – O desempenho da empresa nas exportações apresentou o primeiro sinal positivo em cinco anos, com incremento de volumes para América Latina, América do Norte, Ásia, África e Oceania. Foram embarcadas a partir das linhas japonesas 1 milhão 896 mil 329 unidades, sendo 79 mil 395 Hino, 2 unidades Daihatsu e as demais Toyota. O crescimento nas exportações do ano passado foi de 5,3% ante o resultado de 2016.

 

Foto: Divulgação.