Here cria nova área com olho na Indústria 4.0

Imagem ilustrativa da notícia: Here cria nova área com olho na Indústria 4.0
CompartilheTecnologia
11/09/2018

São Paulo – Com a criação da divisão Industrial Solutions, a Here Technologies mira outros segmentos da indústria global e pretende mais do que dobrar seu faturamento nos próximos cinco anos. Segundo Jean Silva, gerente de vendas Latam, a intenção é atender além do setor automotivo:

 

“Não podemos ignorar as novas tendências de outros mercados. Essa nova área será a grande responsável por puxar o crescimento da companhia nos próximos anos”.

 

A nova área foi criada há dois anos para desenvolver tecnologias para indústria 4.0, IoT [Internet das Coisas] e digitalização de unidades fabris para serem usadas por outras empresas no processo de modernização e automação de suas operações: “Buscamos criar soluções para tudo que pode mudar atualmente e se tornar autônomo na produção industrial global, e queremos oferecer esse conhecimento para outros setores, além do automotivo”.

 

Para a Here todas as mudanças industriais do futuro giram em torno de um mesmo denominador: a localização. Segundo Silva, tudo precisa estar geograficamente localizado -- até uma máquina estática precisa mandar sinais de que está operando corretamente.

 

Como a empresa é especialista nessa área, optou por apostar no desenvolvimento desse tipo de tecnologia: “Esse será o futuro das fábricas -- e já está acontecendo. Por isso criamos essa nova divisão, para entender melhor as mudanças desse mercado e como todas essas tecnologias se conectam”.

 

O conhecimento gerado pela Industrial Solutions é armazenado em um sistema chamado plataforma de localização aberta, onde tudo fica armazenado e pode ser acessado de qualquer lugar do mundo. Com isso a tecnologia desenvolvida para um mercado específico pode ser empregada em outras fábricas de companhias que estão em países distantes, mas têm interesse no processo.

 

Para se aproximar mais das necessidades de cada mercado a Here regionalizou sua nova área, com objetivo de que os desenvolvimentos sejam mais específicos. A empresa tem profissionais que trabalham voltados para diversas regiões, mas os principais centros de desenvolvimento estão na Europa e nos Estados Unidos.

 

De acordo com Silva, no Brasil a empresa tem parceiros que trabalham em soluções para atender ao mercado local e que também são armazenadas na plataforma de localização aberta:

 

“Nem todas as indústrias têm os mesmos problemas ou as mesmas necessidades. Entendemos que é necessário oferecer todo o conhecimento desenvolvido localmente para outros mercados, pois uma solução criada para a indústria brasileira pode ser usada por uma fábrica no Japão”.

 

Fotos: Divulgação.