Henniges inaugura fábrica de R$ 120 milhões em Jundiaí

Imagem ilustrativa da notícia: Henniges inaugura fábrica de R$ 120 milhões em Jundiaí
CompartilheFornecedor
01/02/2019

Jundiaí, SP – Com investimento de aproximadamente R$ 120 milhões a Henniges Automotive construiu sua fábrica em Jundiaí, SP, para produzir borrachas de vedação para fornecer, inicialmente, a um dos veículos da GEM – Global Emerging Markets, nome da plataforma que é base da nova geração de veículos da General Motors prevista para chegar ao mercado no segundo semestre.

 

A primeira unidade da companhia estadunidense na América Latina foi inaugurada na quinta-feira, 31, mas já está operando, segundo Larry Rollins, vice-presidente global de operações da empresa: “Estamos em testes de produção e a GM também está testando os componentes produzidos nessa fase inicial”.

 

A projeção da Henniges é que a partir de julho comece o fornecimento regular para a GM, com a produção atingindo a capacidade máxima em um turno até novembro. De início apenas um dos modelos da GEM receberá os componentes produzidos em Jundiaí, mas a empresa já busca outros contratos – incluindo outros modelos da plataforma.

 

“Decidimos localizar a produção para suportar a demanda da GM. Mas isso não nos impede de explorar outras oportunidades no País e já estamos negociando com outras empresas, pois a fábrica tem capacidade para isso”.

 

Com 10 mil m² de área construída, a fábrica gerará de 75 a 100 empregos neste ano, mas a expectativa é que sejam contratados 300 funcionários até 2021, quando conteúdo que agora é importado do México será localizado. Na unidade serão produzidas as peças de vedação do porta-malas, estrutura do veículo, canaletas de porta e grelha do limpador do para-brisa. A matéria-prima será fornecida por uma empresa nacional, a Zanaflex, que produz a mistura da borracha com a fórmula solicitada pela Henniges.

 

De acordo com Rollins, a escolha por Jundiaí aconteceu pelo bom relacionamento que a empresa teve com a Prefeitura desde o início das negociações. O executivo acrescentou se tratar de uma cidade de médio porte, limpa e com um fator decisivo: faculdade local, com quem a empresa pretende criar uma parceria nos próximos anos para desenvolver um curso técnico que forme profissionais qualificados para trabalhar na fábrica.

 

Globalmente, a empresa com sede em Michigan, Estados Unidos, tem mais de 100 anos de mercado, com 19 fábricas espalhadas por quatro continentes, América do Norte, América do Sul, Europa e Ásia. Produz também sistemas anti-vibração para veículos e alguns componentes para construção civil. Os principais clientes do setor automotivo são BMW, FCA, Ford, Mercedes-Benz, Renault e alguns joint-ventures na China.

 

Fotos: Divulgação.