Ford e sindicato entram em acordo em São Bernardo

Imagem ilustrativa da notícia: Ford e sindicato entram em acordo em São Bernardo

São Paulo – A Ford e o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC entraram em acordo para o encerramento das operações industriais da fábrica do Taboão, em São Bernardo do Campo, SP. Aprovada em assembleia na manhã de terça-feira, 30, a proposta representa importante passo no fim da produção de caminhões e do Fiesta.

 

Em nota divulgada pela companhia, ambas as partes celebram o acordo, costurado após quase dois meses do anúncio oficial do fim da produção no ABCD Paulista. O acerto prevê ainda antecipação deste encerramento de produção, caso um possível comprador efetue a aquisição da fábrica.

 

A negociação envolve um PDI, Plano de Demissão Incentivada, cujos termos variam de acordo com o tipo de contrato, mensalista ou horista, tempo de empresa e até a eventual contratação do funcionário pelo possível comprador. A Ford oferecerá, também, apoio psicológico e programa de requalificação profissional em cursos – esta, uma parceria com o sindicato.

 

Para o presidente da companhia, Lyle Watters, o acordo em conjunto é benéfico aos funcionários no aspecto econômico e social. “Considero esse processo negocial exemplar e manteremos de forma contínua o diálogo aberto com todos os envolvidos”.

 

José Quixabeira de Anchieta, o Paraíba, coordenador geral do sindicato, reforçou que a negociação independe da venda da fábrica. A Ford encerra a nota divulgada à imprensa informando que “as conversas com potenciais compradores da fábrica de São Bernardo do Campo continuam e reafirma seu compromisso em realizar todos os esforços possíveis para obter um resultado positivo”.

 

Foto: Adonis Guerra/SMABC/Divulgação.