Volkswagen promete Golf GTE até dezembro

Imagem ilustrativa da notícia: Volkswagen promete Golf GTE até dezembro
CompartilheLançamento
12/08/2019

São Paulo – A Volkswagen confirmou na segunda-feira, 12, a chegada da versão híbrida do Golf, a GTE, até o fim do ano às concessionárias da sua rede. O carro será importado da Alemanha, onde é produzido em Wolfsburg, sobre a plataforma MQB, a mesma utilizada para o Polo, Virtus, T-Cross e Golf com motor a combustão. O preço do veículo ainda não foi divulgado.

 

Esão nos planos da VW o lançamento de seis veículos híbridos e elétricos na região nos próximos cinco anos, com o Golf GTE sendo o pioneiro. De acordo com o comunicado o veículo tem autonomia de cerca de 50 quilômetros apenas com o motor elétrico em funcionamento. Sua autonomia total, incluindo o motor a gasolina, ultrapassa 900 quilômetros.

 

O Golf GTE tem dois motores: TSI a combustão de 1,4 litro, com 150 cavalos, e elétrico que gera  75 kW, ou 102 cavalos de potência. Para carregar toda a bateria são necessários, segundo a VW, 2 horas e 45 minutos em uma tomada convencional de 220 volts ou em uma estação de recarga. O componente pesa 120 kg, aproximadamente 8% dos 1 mil 524 quilos referentes ao peso total do carro.

 

O GTE tem transmissão automática DSG de seis marchas com função Tiptronic, desenvolvida especificamente para veículos híbridos. Essa transmissão, denominada DQ400E, possui três embreagens: duas atreladas ao motor a combustão interna e outra específica para o motor elétrico.

 

Foto: Divulgação.